Leia também:
X Lewandowski amplia acesso de Lula a ‘delação’ da Odebrecht

Eleições: Bolsonaro volta a pedir impressão do voto no Brasil

Presidente questionou modelo atual das eleições no país

Pleno.News - 17/11/2020 07h41

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Alan Santos

Em conversa com apoiadores na segunda-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro voltou a questionar a regularidade das eleições feitas com urnas eletrônicas no Brasil e afirmou que os eleitores ficam na dúvida ao votar. Ao defender a impressão do voto em papel, Bolsonaro afirmou que “falta no Brasil” uma forma de auditar os votos.

– No meu tempo tinha o papel. Podia fraudar na contagem do papel, mas se pedia recontagem… agora, não. Acabou, acabou. Alguns falam: por que está reclamando, se foi eleito pela urna eletrônica? Eu entendo que só fui eleito pela urna eletrônica porque tive muito voto, senão não teria chegado – disse Bolsonaro.

Questionado por apoiadores se será candidato na próxima eleição presidencial, Bolsonaro sinalizou que sim e disse que está sendo “bem tratado” em viagens pelo Brasil. O líder afirmou que, caso o tratamento continue da mesma forma, a tendência é que ele seja um dos concorrentes.

– Se esse tratamento deixar de existir, eu estou fora. Se continuar, vou pensar o que fazer – apontou.

Bolsonaro disse que vê movimentações do “grupo de sempre”, da esquerda, para o próximo pleito e também criticou a possível candidatura de Luciano Huck ao Palácio do Planalto ao lembrar do episódio em que o apresentador lançou uma camisa para crianças com a frase ‘Vem ni mim que eu tô facin’.

– Tem um pessoal mais… Progressista aí, como um apresentador de televisão. Inclusive, lançou uma moda infantil há poucos anos, alguém sabe? ‘Vem ni mim que eu tô facin’. É esse tipo de gente que se apresenta. E não é só isso. A gente vê que não tem como dar certo. Que compra avião no BNDES por quarenta e quatro milhões pagando quatro por cento ao ano de juros – disse Bolsonaro.

*Estadão

Leia também1 Kassio interrompe sessão sobre direito de Bolsonaro de bloquear
2 Pleno do STJD aceita recurso e derruba punição a Carol Solberg
3 Na disputa do 2º turno, Crivella critica institutos de pesquisa
4 Joice cai de 1 milhão de votos em 2018 para 98 mil em 2020
5 Anão que Bolsonaro segurou no colo se reelege em Sergipe

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.