‘Ele pediu por orações’, afirma Takayama sobre Temer

Presidente do governo tem se aproximado da bancada evangélica

Pleno.News - 18/01/2018 12h08

Temer em reunião com pastor Wellington, Kassab e Fátima Pelaes Foto: Reprodução PR/Alan Santos

O líder da bancada evangélica da Câmara, deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), afirmou que o presidente Michel Temer pediu orações e não apoio à Reforma da Previdência. A declaração vem após Temer se encontrar com pastores nos últimos dias.

Nesta terça-feira (16), o presidente se reuniu com o pastor José Wellington, presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São Paulo, o ministro Gilberto Kassab e Fátima Pelaes, Secretária Nacional de Política para as Mulheres. Na segunda-feira (15), ele havia se encontrado com o fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo Valdemiro Santiago.

Nem todos os membros da bancada evangélica, porém, tem sido receptivos a Temer. Segundo a revista Época, ele tenta desde a semana passada um encontro com o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que continua se esquivando do convite. Em 2017, Malafaia criticou o presidente depois que a conversa com Joesley Batista foi divulgada e tem mantido distância desde então.

LEIA TAMBÉM
+ Michel Temer irá se encontrar com lideranças evangélicas
+ Temer afasta quatro vice-presidentes da Caixa