Leia também:
X Bolsonaro: Weintraub ‘não foi prudente’ em ato contra STF

Eduardo processa youtuber após ameaças de morte

Marques Zero defendia a pedofilia em suas redes sociais

Rafael Ramos - 15/06/2020 19h31

Eduardo Bolsonaro entrou com processo contra youtuber Arte: Pleno.News

O deputado federal Eduardo Bolsonaro anunciou, nesta segunda-feira (15), que entrou com um processo criminal contra o youtuber Henrique Marques de Almeida, mais conhecido como Marques Zero. Com quase 240 mil seguidores no Twitter, dentre eles alguns famosos, como a atriz Tatá Werneck e o deputado Kim Kataguiri, do MBL, Marques fez ameaças ao parlamentar e à sua família no dia 28 de maio deste ano.

– Queria tuitar pedindo a morte de Eduardo Bolsonaro, mas isso é contra as regras do Twitter. Então, eu nunca tuitarei pedindo pra alguém matar a família Bolsonaro. É crime! Não tuítem que alguém deveria matar o presidente – escreveu o youtuber.

Eduardo também compartilhou antigos posts de Marques Zero com incitação à pedofilia. Em uma das mensagens, ele diz que não tem problema a menina ter 7 anos e, em outro post, ele escreveu “Daora a pedofilia”. Após a repercussão, ele apagou todo conteúdo de suas redes, inclusive seus vídeos no YouTube onde tem quase meio milhão de inscritos.

Leia também1 Sergio Moro assumirá posto de colunista na revista Crusoé
2 Sara Winter nega ter lançado fogos contra prédio do STF
3 PC Siqueira apaga post em que se defende de acusações
4 Romero Jucá e Valdir Raupp viram réus na Lava Jato
5 Militares lançam dura carta aberta contra Celso de Mello

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.