Leia também:
X Bolsonaro ‘manda a real’ contra Lula: “Só ganha na fraude”

PC Siqueira perde na Justiça e pagará R$ 20 mil a Eduardo

Deputado usou Twitter para comentar ações judiciais em andamento

Gabriela Doria - 14/05/2021 17h17 | atualizado em 14/05/2021 18h08

Deputado federal Eduardo Bolsonaro atualiza lista de processos dos quais faz parte Foto: Reprodução

O deputado federal Eduardo Bolsonaro usou o Twitter, nesta sexta-feira (14), para “atualizar” o andamento de alguns processos movidos por ele ou contra ele. Nos casos citados pelo parlamentar, um chama a atenção: o de um jornalista que pede na Justiça mais de R$ 50 mil por causa de um erro de digitação em um tuíte de Eduardo.

– O jornalista José Fucs (Estadão), pioneiro na narrativa de “milícias digitais”, me processou e pede indenização de 50 salários mínimos. Por quê? [Porque] Escrevi “JORNALOSTA”, ao invés de “jornalista”. Teclei errado, pois “i” e “o” são letras próximas no teclado. Sim, isso gerou um processo – disse Eduardo.

Ainda segundo o parlamentar, ainda nem houve a expedição de mandado de citação, mas sua advogada, Karina Kufa (que não é paga com verba da Câmara) “segue monitorando”.

Eduardo Bolsonaro comentou processo movido por jornalista contra ele Foto: Reprodução

Em outro caso, Eduardo celebra a vitória contra o youtuber PC Siqueira, que no último ano viu sua carreira ruir diante de uma acusação de pedofilia. O deputado acusa PC de calúnia.

– A 8ª Vara Cível de BSB condenou PC Siqueira a me indenizar em R$ 20 mil, por usar seu YT para me caluniar com informações falsas e sem o menor fundamento (PC é militante de esquerda e já disse que Stalin “matou pouco”). Ao apelar no TJ, PC perdeu: sentença mantida por unanimidade.

PC Siqueira também é alvo de processo de Bolsonaro Foto: Reprodução

Em outro caso, desta vez ainda mais grave, Eduardo comenta o andamento de um processo movido por ele contra a blogueira Tininha Mattos.

Blogueira Tininha Mattos ameaçou Eduardo e Jair Bolsonaro de morte Foto: Reprodução

– A blogueira Maria Cristina Mattos, Tininha Mattos, ameaçou dar “outra facada em Jair Bolsonaro e provavelmente no Eduardo Bolsonaro”. Após a ameaça de morte a processei. Ela afirmou ao STF estar sendo perseguida por mim e pelo “gabinete do ódio”. O STF arquivou sua reclamação – afirmou o parlamentar.

Leia também1 MP avalia pedido de prisão contra Sikêra Jr. por homofobia
2 "Ladrão de nove dedos", dispara Bolsonaro sobre Lula
3 Doria é 'despreparado' e 'inábil politicamente', aponta o DEM
4 Queiroga afirma que irá se for chamado de novo à CPI da Covid
5 Pfizer: 'Contrato de 100 milhões de doses será assinado hoje'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.