Leia também:
X Supremo retoma julgamento do ‘marco temporal’. Entenda o caso

Edson Fachin rejeita pedido de liberdade de Roberto Jefferson

Para o ministro, a solicitação é "manifestamente incabível"

Thamirys Andrade - 01/09/2021 10h16 | atualizado em 01/09/2021 10h31

Fachin nega habeas corpus a Roberto Jefferson
Ministro Edson Fachin e dirigente nacional do PTB, Roberto Jefferson Foto: Reprodução

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin rejeitou o pedido de liberdade apresentado pela defesa do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. O magistrado não analisou o habeas corpus, pois, em sua avaliação, a solicitação é “manifestamente incabível” e “não merece conhecimento”.

– O habeas corpus contra decisão proferida por ministro do Supremo Tribunal Federal ou por uma de suas turmas, seja em recurso ou em ação originária de sua competência, é incognoscível – afirmou Fachin.

Os advogados do ex-deputado solicitavam a revogação da prisão cautelar, ou a substituição da prisão preventiva pela domiciliar, sob a justificativa de que Jefferson enfrenta problemas de saúde.

A defesa ainda apontava “incompetência absoluta do Supremo Tribunal Federal para julgar o pedido cautelar e, consequentemente, a ilegalidade da prisão preventiva, determinando-se o relaxamento da prisão, com a expedição imediata do alvará de soltura do paciente”.

Leia também1 Supremo retoma julgamento do 'marco temporal'. Entenda o caso
2 Jair Bolsonaro é atendido no posto médico do Planalto
3 Frota aciona STF contra 'atos de violência' no 7 de setembro
4 STF: 2ª Turma arquiva inquérito contra o deputado Aécio Neves
5 Governo fala em esforço 'inadiável' de redução do consumo de energia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.