Leia também:
X Paraná Pesquisas aponta Lula e Bolsonaro com empate técnico

Economista do PT dá poucos detalhes sobre plano de governo

Guilherme Mello teve reunião com economistas dos principais bancos do país, nesta segunda-feira

Pleno.News - 13/09/2022 11h11 | atualizado em 13/09/2022 12h03

Ex-presidente Lula (PT) Foto: EFE/ Sebastiao Moreira

Na noite desta segunda-feira (12), o economista Guilherme Mello, coordenador do Núcleo de Acompanhamento de Políticas Públicas/Economia do Partido dos Trabalhadores (PT), teve uma reunião com economistas dos principais bancos do país. O encontro aconteceu na sede da Febraban. As informações são do site O Antagonista.

Mello foi questionado a respeito de diretrizes econômicas, caso o PT volte ao poder, e como ele pretende conciliar responsabilidade fiscal e gastos públicos.

O economista forneceu poucos detalhes sobre o plano de governo. Segundo ele, o partido quer dar “previsibilidade e transparência no orçamento” e que, pessoalmente, defende “uma regra de gastos combinada com uma regra de resultados”. As regras ainda serão construídas.

Guilherme teria ainda defendido a fórmula de usar investimento público para promover crescimento econômico e falou em financiar a indústria com dinheiro mais barato, citando o BNDES. Mas quando questionado sobre como o Tesouro financiaria esses projetos, ele não respondeu.

Leia também1 TRE quer remover publicações de candidato com fardado
2 STF vota 5 a 3 pela suspensão da lei do piso para enfermagem
3 Lula e alvos da Lava Jato devem mais de 4 bilhões à Receita
4 Ipec: Lula tem 46% das intenções de voto; Bolsonaro, 31%
5 Defesa nega ter solicitado acesso diferenciado às urnas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.