Leia também:
X Jovem investidor em bitcoins é executado em Porsche no RJ

Doria diz que não há necessidade de terceira dose da CoronaVac

Tucano voltou a defender imunizante desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac

Paulo Moura - 05/08/2021 08h06 | atualizado em 05/08/2021 09h26

Governador de São Paulo, João Doria Foto: Reprodução

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que a aplicação de uma terceira dose da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac contra a Covid-19, não é necessária. Em entrevista concedida ao site Metrópoles, o tucano atacou a pesquisa solicitada pelo Ministério da Saúde sobre a viabilidade de um reforço do imunizante e chamou o estudo de “inutilidade”.

– Não há nenhuma necessidade de você tomar uma terceira dose da CoronaVac. A CoronaVac foi credenciada na OMS como uma vacina eficaz e segura. E é a mesma vacina que o Ministério da Saúde já aplicou no braço de 63 milhões de brasileiros – disse.

Doria também afirmou que “está seguro” com o plano de reabertura de atividades no estado de São Paulo, apesar do avanço da variante Delta do coronavírus na região. Na última quarta-feira (4), o Instituto Butantan confirmou 28 novos casos da cepa na capital do estado. Com a atualização, o número de contaminados na cidade de São Paulo subiu para 50.

– Estamos seguros com o que estamos fazendo. E estamos fazendo isso de forma gradual; não é liberação geral. Mas temos que reconhecer que estamos melhorando. E, se estamos melhorando, temos que dar um pouco de oxigênio para a retomada do emprego, para a retomada da economia – declarou Doria.

Leia também1 Pedro Barros leva prata no skate, e Brasil iguala recorde de pódios
2 Jovem investidor em bitcoins é executado em Porsche no RJ
3 Câmara aprova urgência de 'reforma tributária do IR'
4 Eduardo Bolsonaro quer abrir CPI das urnas eletrônicas
5 Bolsonaro sobe o tom e já fala em 'antídoto' fora da Constituição

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.