Leia também:
X ‘Não será levantada espada’ no 7 de setembro, diz Bolsonaro

Dilma vai passar por cirurgia cardíaca nesta quarta-feira

Ex-presidente será submetida a procedimento conhecido como “fechamento de FOP por cateterismo”

Thamirys Andrade - 31/08/2021 12h53 | atualizado em 31/08/2021 15h36

Ex-presidente Dilma Rousseff Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Na próxima quarta-feira (1°), a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) será submetida a uma cirurgia cardíaca no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, conforme informações do jornal O Globo.

A petista possui um pequeno “buraco” no coração que separa o lado direito do lado esquerdo, o que pode aumentar as chances de derrame cerebral. O problema é decorrente de um defeito congênito.

Dessa forma, a ex-presidente será submetida a um procedimento conhecido como “fechamento de FOP por cateterismo”. A cirurgia deve durar três horas, e Dilma deve permanecer hospitalizada até sexta-feira (3).

Em maio deste ano, a petista foi internada em um hospital de Porto Alegre, com sintomas de isquemia cerebral transitória. A alteração neurológica ocorre quando há falta de fluxo sanguíneo nos vasos. Como primeiros sintomas da isquemia, Dilma passou a falar de forma mais enrolada e arrastada durante reunião online e foi levada para o Hospital Moinhos de Vento.

Leia também1 Lula 'avalia' participação em manifestações de 7 de setembro
2 Reinaldo Azevedo leva a sério declaração de perfil satírico
3 Perguntado se Mourão continua, Bolsonaro diz que falará com ele
4 Envolvido em escândalos, PT elabora "manual anticorrupção"
5 Temor faz CPI suspender sessões na semana de 7 de setembro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.