Leia também:
X Paisagista espancada durante quatro horas recebe alta

“Desafio alguém a definir um discurso homofóbico”

Janaina Paschoal criticou a votação em curso no STF sobre homofobia

Camille Dornelles - 22/02/2019 10h46 | atualizado em 22/02/2019 17h19

Advogada Janaína Paschoal, deputada estadual, critica votação do STF Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

A deputada estadual e advogada Janaina Paschoal (PSL-SP) falou sobre a votação em curso no Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito da criminalização da homo e transfobia. Ela se mostrou indignada com a possibilidade de os crimes serem tipificados como racismo.

Através do Twitter, ela afirmou que a discussão se pauta apenas no discurso e na fala dos criminosos. Afinal, os crimes de agressão contra homossexuais e transexuais já constituem crimes. Nesse sentido, a advogada criticou a parcialidade que a lei poderá causar.

– Além dos muitos impedimentos formais para que essa criminalização se dê por determinação do Judiciário, desafio alguém a definir, de maneira clara, o que seja um discurso homofóbico. Por mais nobre que seja a causa, não podemos trazer melindres para dentro do Direito Penal – afirmou.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.