Leia também:
X Senadores defendem 2º turno com 3 candidatos à Presidência

Deputados do PSL pretendem pedir habeas corpus de Zé Trovão

Medida seria um "gesto em prol da pacificação e harmonia" entre os poderes

Henrique Gimenes - 09/09/2021 17h04 | atualizado em 09/09/2021 17h51

Presidente Jair Bolsonaro, major Vitor Hugo e Carla Zambelli Foto: Marcos Corrêa/PR

Nesta quinta-feira (9), deputados do PSL aliados do presidente Jair Bolsonaro anunciaram que pretendem pedir um habeas corpus para o caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão. Ele teve a prisão decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e está sendo procurado pela Polícia Federal (PF).

Em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, o deputado major Vitor Hugo (GO), líder do governo na Câmara, afirmou que a decisão foi tomada em conjunto por diversos parlamentares.

– Tomamos a decisão. Vamos ingressar, vamos impetrar um habeas corpus, eu, Carla [Zambelli], o deputado Bibo [Nunes] e mais os deputados do PLS que tiverem em Brasília e quiserem aderir o mais rapidamente possível para garantir a liberdade do Zé Trovão – explicou.

O deputado disse ainda que o pedido de habeas corpus é um “gesto em prol da pacificação e harmonia” entre os Poderes.

– É um gesto que nós faremos esperando que os outros componentes da Praça dos Três Poderes façam um gesto em prol da pacificação e harmonia necessária entre os Poderes, para que haja autocontenção dos Poderes em face das atribuições do demais. É o que todos nós queremos – ressaltou.

Já a deputada Carla Zambelli disse que, durante a reunião, o presidente Jair Bolsonaro mostrou preocupação com os “mais vulneráveis”.

– O presidente externou para eles a preocupação com os mais vulneráveis nessa questão da paralisação e foi ouvido por eles. A voz deles, na verdade, é a voz do povo brasileiro que clamou no 7 de setembro por liberdade, por respeito à Constituição e contra censura – destacou.

Leia também1 Senadores defendem 2º turno com 3 candidatos à Presidência
2 Bolsonaro emite nota: 'Sempre estive disposto a manter diálogo'
3 Após reunião com Bolsonaro, caminhoneiros dizem que bloqueios continuam até encontro com Pacheco
4 Malafaia: 'Cala a boca, ministro Barroso! Você não tem moral'
5 SP: Doria ameaça usar "força policial" contra caminhoneiros

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.