Leia também:
X Anvisa recomenda restrições de voo diante de nova variante

Deputado quer proibir realização do Carnaval no país inteiro

Pastor Eurico protocolou uma PEC sugerindo a medida

Pierre Borges - 26/11/2021 15h39 | atualizado em 26/11/2021 16h20

Desfile escolas de samba do Rio 2015
Desfile no Sambódromo do Rio no Carnaval de 2015 Foto: Reprodução/Google Street View

A comemoração do Carnaval pode ser cancelada em todo o Brasil no ano de 2022. Isso porque o deputado federal pastor Eurico protocolou nesta quinta-feira (25) um Projeto de Lei (PL) para impedir a realização do evento devido à pandemia de Covid-19.

O deputado defende que “cancelar a celebração do Carnaval em todo o país é uma medida sensata para evitar possíveis curvas invisíveis de contágio e o surgimento de novas variantes do vírus. Não podemos esmorecer agora, no final desta guerra, e permitir que a população de todo o Brasil seja exposta a esse risco”.

Se aprovado, o projeto proibirá a realização de “quaisquer festas, blocos carnavalescos ou eventos de pré-Carnaval, em ambientes abertos ou fechados, promovidos por iniciativa pública ou privada” durante o ano de 2022.

Deputado Pastor Eurico
Deputado pastor Eurico, autor da proposta Foto: Câmara dos Deputados/Reila Maria

Durante a semana, o Carnaval foi mencionado por diversas autoridades que se manifestaram contra e a favor do evento. O presidente Jair Bolsonaro disse que, por ele, não haverá Carnaval. Houve municípios de São Paulo que anunciaram o cancelamento da festa. No entanto, a capital de São Paulo e a do Rio de Janeiro anunciaram que manterão às atividades relacionadas à festividade.

Leia também1 Sem restrições, Carnaval do Rio deve ter 506 blocos e Anitta
2 Prefeito de SP diz que cancelar Carnaval hoje é incoerente
3 Variante do Sul da África é a mais preocupante, diz médica britânica
4 "Por mim, não teria Carnaval", afirma Jair Bolsonaro sobre 2022
5 Diferente da capital, 42 cidades de SP cancelam Carnaval de 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.