Leia também:
X Prefeito promete tratar Covid com aplicação retal de ozônio

Deputado pede cancelamento de convite feito a Felipe Neto

Otoni de Paula justificou que youtuber já foi condenado por divulgar notícias falsas

Paulo Moura - 04/08/2020 11h44 | atualizado em 04/08/2020 13h38

Felipe Neto foi convidado por Rodrigo Maia para sessão no Congresso Foto: Divulgação

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) pediu ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que o convite feito ao youtuber Felipe Neto para participação do influenciador em uma reunião para debater o projeto de lei (PL) das fake news na Casa seja desfeito. As justificativas usadas pelo parlamentar no pedido foram, justamente, as condenações contra Neto por notícias falsas.

Otoni lembrou, por exemplo, que a Justiça condenou Felipe, neste ano, a indenizar o presidente da Funai, Marcelo Augusto Xavier da Silva, em R$ 8 mil, por conta de mensagens compartilhadas pelo youtuber, através do Twitter, onde Neto acusava Marcelo de ajudar invasores de terras indígenas e de agredir o pai idoso.

– Condenado por praticar fake news, Felipe Neto não encerra as condições de credibilidade que possa contribuir positivamente na construção de uma legislação que se propõe a combater a divulgação de mentiras ou desinformações nas redes sociais – apontou o deputado.

Além do caso envolvendo o presidente da Funai, o deputado também lembrou que Neto fizera um acordo por conta de uma acusação, sem provas, contra o pastor Silas Malafaia, e do caso em que o youtuber chamou o governo da Ucrânia de nazista, fato que levou o embaixador do país a repudiar as declarações de Felipe.

O convite a Felipe Neto foi feito no último sábado (1°), pelo próprio Rodrigo Maia, através das redes sociais. Na mensagem, Maia justificou o pedido por conta da necessidade de, segundo ele, “acelerar o projeto de combate às fake news”. Na ocasião, o parlamentar declarou que o influenciador era uma das principais motivações para dar celeridade na medida.

Leia também1 Felipe Neto gagueja ao tentar defender censura nas redes
2 Antonia Fontenelle funda a Associação Mães do Brasil
3 Bia Kicis quer Coppolla em debate do PL das Fake News
4 Felipe Neto já foi condenado por divulgar fake news
5 Frente Evangélica repudia convite de Maia a Felipe Neto

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.