Leia também:
X Ex-Lava Jato irá para conselho do Coaf, que investiga Queiroz

Deputado Gil Diniz processa revista IstoÉ por fake news

Ele afirmou que entrou com uma ação contra o veículo e o jornalista

Camille Dornelles - 11/03/2019 12h44 | atualizado em 11/03/2019 13h05

Deputados estaduais Janaína Paschoal e Gil Diniz Foto: Reprodução

O deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP) decidiu processar a revista IstoÉ após se sentir ofendido com uma publicação inadequada. Nesta segunda-feira (11), ele confirmou que entrou com uma ação contra o veículo e o repórter Rodolfo Lago.

– Entrei com uma ação de danos morais contra a revista e o jornalista. A imprensa é e deve ser livre para noticiar os fatos e não para manipulá-los. Esse é o primeiro de muitos. Em breve anuncio nossos próximos passos nesse campo de batalha contra as fake news – declarou.

A matéria dizia que ele já foi ligado ao Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, do PCO, e que o presidente Jair Bolsonaro teria sido “enganado” para poder dar apoio a ele.

No dia 1º de março o deputado já havia se manifestado sobre a reportagem.

– Que absurdo! Como assim dizem que Bolsonaro me ajudou com um vídeo? Foi com vários vídeos! Em Barretos, em Brasília, na casa dele na Barra da Tijuca. Carlos, Flávio e Eduardo também me ajudaram muito! – afirmou, na ocasião.

Leia também1 Época chama pornografia de performance e recebe críticas
2 Ludmila Ferber desmente fake news sobre sua morte
3 Universal desmente fake news sobre tatuagem nas mãos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.