Leia também:
X Bolsonaro: “Governo não quer retorno do imposto sindical”

Deputado expõe hipocrisia da ideologia ‘socialista’ do PSOL

Filippe Poubel rebateu acusações da psolista Dani Monteiro na Alerj

Gabriela Doria - 09/12/2019 22h01 | atualizado em 09/12/2019 22h03

Deputado estadual Filippe Poubel rebateu parlamentar do PSOL Foto: Reprodução

O plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) foi palco novamente de um embate, desta vez entre a deputada Dani Monteiro (PSOL), e o deputado Filippe Poubel (PSL). O motivo das falas acaloradas foi um vídeo publicado pelo policial militar e youtuber Gabriel Monteiro dentro da sede do PSOL no Rio de Janeiro.

Em sua fala, Dani exigiu um posicionamento de Poubel sobre a filmagem, uma vez que Gabriel está lotado em seu gabinete. De acordo com ela, Gabriel não teria o direito de fazer as imagens porque trabalha para outro partido.

Poubel rebateu e disse que não é “babá do Gabriel Monteiro”.

– O Gabriel é uma pessoa maior de idade, policial, está lotado em meu gabinete. Ele responde pelos atos dele. Eu não sou babá do Gabriel Monteiro. Ele é adulto e responde por seus atos. Se quisesse que eu conversasse com o Gabriel, era só me chamar no meu gabinete e eu conversaria. Se ele foi lá filmar, ele é livre, ele pode filmar quem ele quiser. Se tivesse me chamado para conversar e ele estivesse errado, eu iria repudiar. Agora, vim pra cá [plenário] e dizer que ele quer esculachar trabalhador é jogar para a plateia – acusou o democrata.

View this post on Instagram

A deputada do PSOL, que foge do debate comigo, tentou defender aquele Coronel Socialista, está indignada com as verdades que andamos divulgando. @filippepoubel saiu em minha defesa. #pmerj #policiamilitar #policiacivil #pmmg #pmesp #infantaria #brasil #brasilacimadetudo #brasilacimadetudodeusacimadetodos #deusacimadetudo #deusacimadetodos #gabrielmonteiro #policia #guerra #selva #freefire #freefirebrasil #marinhadobrasil #pqd #exércitobrasileiro #exercitobrasileiro #servireproteger #vidasaudavel

A post shared by Gabriel Monteiro (@gabrielmonteiropm) on

Poubel também chamou a atenção para um processo movido pelo Coronel Ibis, lotado no gabinete do PSOL, contra o policial militar. Nele, Ibis cobra uma indenização de R$ 40 mil do PM após ter sido questionado sobre como entrou no Complexo da Maré e não foi morto, mesmo “sendo ex-comandante-geral da Polícia Militar?”.

– Quem quer esculachar trabalhador é o coronel que trabalha no gabinete deles, que está pedindo R$ 40 mil de um soldado da Polícia Militar. O Gabriel [Monteiro] é um trabalhador, um policial militar que ganha R$ 2 mil. E tem um coronel no gabinete de vocês que quer processar o Gabriel e está pedindo R$ 40 mil. Tem nomeação de algum deputado do PSOL e está pedindo uma indenização de R$ 40 mil de um soldado da PM que ganha R$ 2 mil – insistiu Poubel

O deputado também ironizou o partido, que se diz socialista mas exige indenização de um soldado da PM.

– Já que ele é socialista, por que não divide o salário dele com os soldados da Polícia Militar ao invés de arrancar? Que socialismo é esse? Que comunismo é esse? – questionou.

Leia também1 Bandidos fazem coisas erradas porque são ruins, diz youtuber
2 Gabriel Monteiro é vítima de emboscada por aluna da UFF
3 Gabriel Monteiro critica fala de Felipe Neto contra Witzel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.