Leia também:
X Randolfe quer que CPI da Covid ouça Paulo Guedes: “Inevitável”

Deputado denuncia ideologia de gênero em material escolar

Para Eli Borges, apostilas usadas para Ensino Religioso em Palmas (TO) deturpam o conceito de família

Pleno.News - 28/09/2021 19h53 | atualizado em 29/09/2021 10h46

Deputado Eli Borges denunciou material escolar com ideologia de gênero Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputado

O deputado federal Eli Borges (Solidariedade-TO) utilizou tempo de fala na Câmara dos Deputados para fazer uma denúncia: a de que cartilhas utilizadas no ensino básico em Palmas, no Tocantins, contém ideologia de gênero. O material é usado na disciplina de Ensino Religioso da rede municipal de ensino.

De acordo com Borges, as apostilas flexibilizam o conceito de família para crianças com até 7 anos de idade. Em seu discurso na Câmara, ele disse que os modelos apresentados “não estão na constituição”.

– É lamentável que o município comece a provocar uma confusão na cabeça das crianças, em desrespeito à sua fase cognitiva. Pela primeira vez, faço uma denúncia sobre o município de Palmas – apontou.

Para o parlamentar, o material, além de provocar confusão na cabeça das crianças, tenta conduzir o ensino de acordo com a “visão da Prefeitura de Palmas”.

– A criança nunca é parte do debate. Tudo o que o adulto fala ela acredita, sobretudo quando este adulto é um professor. A criança está sendo conduzida, segundo a visão da Prefeitura de Palmas. Ela aprende na sua casa, com seu pai e sua mãe acerca dos valores da biologia e da ciência. Quando chega à escola, em nome de quem eu não sei e não sei porquê, se faz uma confusão na cabeça dessa criança – ressaltou.

Borges também considera que a escola não pode “deturpar” o conceito de família, previsto no artigo 226 da Constituição.

– Eu não trabalho com discriminação. Respeito qualquer cidadão. Mas a escola não pode deturpar a Constituição e atropelar o papel dos pais. Vou denunciar esse tema quantas vezes for necessário – destacou.

Leia também1 Deputado quer punição de quem destrói a bandeira do Brasil
2 Jair Bolsonaro: "A gente vê menos a cor vermelha"
3 Não fosse o STF, Brasil teria mais mortos na pandemia, diz Gilmar Mendes
4 Xuxa pede impeachment de Jair Bolsonaro e diz não ser petista
5 Relatório de Renan Calheiros na CPI já tem mais de 6 mil páginas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.