Leia também:
X Jair Bolsonaro espera privatizar “monstrengo” da Petrobras

Deputado chama advogadas de Bolsonaro para processar Omar

Ouvido na CPI em junho, Fausto Junior diz que Omar cometeu abuso de autoridade, injúria, ameaças e difamação

Paulo Moura - 10/11/2021 12h18 | atualizado em 10/11/2021 13h40

Deputado Fausto Junior em discussão com Omar Aziz na CPI da Covid Foto: Agência Senado/Edilson Rodrigues

O deputado estadual Fausto Junior (MDB-AM) informou que contratará as advogadas do presidente Jair Bolsonaro, Karina Kufa e Luciana Pires, para ingressarem como uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente da CPI da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD-AM). Fausto afirma que o senador teria cometido abuso de autoridade, injúria, ameaças e difamação contra ele.

Ouvido na comissão do Senado, no dia 29 de junho, sobre a CPI da Saúde no Amazonas — da qual foi relator –, o deputado estadual afirmou que os ataques que serão levados ao STF aconteceram durante seu depoimento. A sessão teve diversos momentos de intensa discussão entre ele e Omar Aziz.

No depoimento do deputado, os membros do colegiado do Senado questionaram os motivos que levaram a CPI amazonense a não ter indiciado o atual governador do estado, Wilson Lima (PSC). A investigação, realizada de maio a setembro de 2020, visava apurar irregularidades em contratos da Secretaria de Saúde estadual entre 2011 e 2020, período em que Aziz chegou a comandar o governo do Amazonas.

O deputado estadual, então, respondeu que Aziz teria desviado recursos da Saúde no Amazonas enquanto era governador, entre 2010 e 2014, e até citou investigação do Ministério Público Federal e da Polícia Federal, que apontou o senador como responsável pelo desvio de mais de 250 milhões de reais da pasta.

Em sua denúncia contra Omar, Fausto Junior disse que o presidente da CPI da Covid teria tentado interrompê-lo de fazer a divulgação das denúncias, perseguido adversários e utilizado a CPI como instrumento para atender a seus interesses políticos.

Leia também1 Deus Não Está Morto 4 tem pré-estreia no Rio e reúne famosos
2 Roma vê "ativismo judicial" do STF nas emendas de relator
3 Ex de Marília Mendonça diz que golpistas estão usando seu nome
4 Globo proíbe a entrada de não vacinados e ameaça demissões
5 Mourão chama ação do STF nas emendas do relator de 'oportuna'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.