Leia também:
X Anitta pede que fãs tirem título de eleitor para ‘tirar Bolsonaro’

Deltan arrecada mais de R$ 300 mil via Pix para indenizar Lula

"Não é o valor, mas é o ato de protesto", disse o ex-procurador

Monique Mello - 24/03/2022 12h11 | atualizado em 24/03/2022 12h33

Ex-procurador da República, Deltan Dallagnol Foto: Agência Brasil/José Cruz

Desde que foi condenado a pagar uma indenização ao ex-presidente Lula, nesta terça-feira (22), Deltan Dallagnol vem se surpreendendo com doações via Pix de desconhecidos.

– Ato de protesto e a indignação das pessoas. Não para de entrar. Isso aperta meu coração, não tenho palavras. É mais que um ato de solidariedade. Isso se trata da causa de combater a corrupção – disse o ex-procurador da República.

A sentença do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) foi em razão do episódio em que o então coordenador da Operação Lava Jato, em Curitiba, fez uma exibição em PowerPoint na qual apresentava Lula como chefe de organização criminosa, em 2016. O petista acusou Dallagnol de abuso de poder ao praticar “crime de subjetivação”.

A indenização foi fixada em R$ 75 mil, mas Dallagnol conta que as doações já ultrapassaram os R$ 300 mil. Em um vídeo publicado nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (24), o ex-procurador exibe a sua conta bancária na tela do celular, mostrando que os valores são os mais variados, desde R$ 1 a R$ 100.

– Não é o valor, mas é o ato de protesto […] Isso me dá mais forças para não desistir e vamos fazer muito mais – declarou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Deltan M. Dallagnol (@deltandallagnol)

Leia também1 Revoltado, Dallagnol desabafa sobre perder para Lula na Justiça
2 Ao vivo, na CNN, Monalisa Perrone dá fora em Dallagnol
3 Lula falta à filiação de Alckmin, mas recebe elogios do ex-rival
4 Mourão ironiza Lula e Alckmin: “Um chamava o outro de ladrão”
5 Alckmin filia-se ao PSB e abre caminho para ser vice de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.