Leia também:
X Em escola, portão de ferro cai e aluna sofre fratura no crânio

Defesa de Daniel Silveira aponta “machismo” por parte de Moraes

Ministro determinou o bloqueio das redes sociais da esposa do parlamentar, Paola da Silva

Thamirys Andrade - 30/08/2022 17h04 | atualizado em 30/08/2022 18h31

Alexandre de Moraes, ministro do STF Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Em ofício enviado ao gabinete do ministro Alexandre de Moraes nesta terça-feira (30), a defesa do deputado Daniel Silveira afirma que o magistrado agiu com machismo ao instituir medidas contra a esposa do parlamentar, a advogada Paola da Silva. O ministro determinou, na última quinta-feira (25), o bloqueio das redes sociais de Paola da Silva após o deputado usar as mídias da esposa para publicar um de seus vídeos.

– A decisão [de Moraes] foi proferida sob influência clara de um machismo estrutural que julga as mulheres como meros acessórios, que o eminente relator [Moraes] diz combater – declara a advogada de Silveira, Mariane Andréia Cardoso.

Mariane destaca que o ministro não havia incluído Paola no processo anteriormente, nem a intimado. Segundo ela, o ministro cometeu três violências contra Paola:

– Violência institucional pela violação de seus direitos como cidadã; violência profissional ao ter suas prerrogativas de advogada violadas; e violência de gênero ao ter sua situação legal julgada simplesmente em razão da sua posição de mulher ao lado de um homem que é perseguido política e institucionalmente, sem ser sequer intimada de qualquer decisão – afirmou a advogada.

A defesa pede que seja revista a decisão do bloqueio das redes de Paola.

– Nem sequer foi dada a ela a oportunidade de integrar a relação processual por representação de um advogado – dizem os advogados.

Leia também1 Bolsonaro a jornalistas: "Quem é tchutchuca do Centrão?"
2 Lula após ser chamado de fraco: "Me preparando fisicamente"
3 Vídeo: Marcos Uchôa desiste de candidatura a deputado federal
4 Em evento, Bolsonaro ironiza ação da PF contra empresários
5 TSE: Eleitor terá tempo extra de 1 seg para conferir voto na urna

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.