Leia também:
X Lázaro: Por segurança, enterro será restrito a parentes

Davati nega que Dominguetti seja seu representante no Brasil

Empresa disse não ter conhecimento de nenhuma discussão que possa ter havido entre o ele qualquer funcionário do governo brasileiro

Pleno.News - 30/06/2021 19h51

Davati Medical nega que Dominguetti seja seu representante no Brasil Foto: Freepik

Com o nome envolvido em um suposto esquema de pagamento de propina para compra de vacinas da Covid, a Davati Medical Supply negou que Luiz Paulo Dominguetti Pereira seja um representante da empresa no Brasil. Ele foi o responsável por afirmar, ao jornal Folha de S.Paulo, que um representante do Ministério da Saúde havia pedido propina de 1 dólar por dose da vacina AstraZeneca.

Ao site Poder 360, a Davati informou, em nota, que “nosso único representante no Brasil é Cristiano Alberto Carvalho”. Além disso, o documento assinado por Herman Cardenas, CEO da empresa, a Davato ressaltou não ter “conhecimento de nenhuma discussão que possa ter havido entre o sr. Pereira e qualquer funcionário do governo [brasileiro]”.

Luiz Paulo Dominguetti Pereira deve ser ouvido pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid ainda nesta semana.

Leia também1 Covaxin: Pazuello diz à PGR ter sido avisado por Bolsonaro
2 Polícia da Câmara nega proteção ao deputado Luis Miranda
3 Miranda pede à PF autorização para comprar arma de fogo
4 PGR: Pazuello pede investigação da atuação de senadores na CPI
5 CPI recorrerá de decisão do STF que concedeu silêncio a Wizard

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.