Leia também:
X Ex-membros queimam bandeira do MST após governo dar terras

Datena deve responder até novembro sobre chapa com Ciro

A informação foi dada pelo presidente do PDT, Carlos Lupi

Pleno.News - 04/10/2021 17h20 | atualizado em 04/10/2021 17h52

Ciro Gomes em jantar com Datena Foto: Divulgação/Assessoria PDT

Cotado como um dos possíveis candidatos à Presidência da República em 2022, o apresentador José Luiz Datena pode formar uma chapa com o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes. Ao site Poder 360, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que Datena está “desconfortável” com uma fusão entre o DEM e o PSL e que ficou de conversar sobre a chapa com Ciro até o final de novembro.

Ciro, Datena e Lupi participaram de um encontro neste sábado (2) após o ex-governador do Ceará discursar durante um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro. No encontro, de acordo com o Poder 360, o apresentador da Band teria dito que gostaria de ajudar com a campanha de Ciro Gomes.

Lupi então teria feito o convite a Datena para ingressar no PDT.

– Ele falou que está se sentindo usado, porque ninguém conversou com ele [sobre a fusão] (…) Ele quer esperar a fusão e ficou de conversar com a gente até o final de novembro – apontou.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o encontro teria ocorrido horas após Ciro ser hostilizado durante uma manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro. Ainda segundo a publicação, Datena teria se solidarizado com Ciro pelo episódio na Paulista.

Filiado recentemente ao PSL, o apresentador foi alçado a pré-candidato nas eleições de 2022. Porém, uma possível fusão da legenda pesselista com o DEM, que está em discussão nos partidos, pode mudar a situação do apresentador dentro do cenário eleitoral.

Em entrevista concedida ao portal UOL na última semana, Datena disse que “acharia muito legal ser vice” de Ciro Gomes, mas que a possibilidade era difícil porque o PDT provavelmente tentaria alguma coligação.

Em setembro, Lupi disse ao Estadão que teria oferecido ao apresentador a opção de concorrer ao governo de São Paulo ou uma cadeira no Senado, proposta que, segundo o presidente do PDT, foi mantida no jantar. Conforme o dirigente, Datena “topa o que for melhor para o projeto do Ciro”.

Leia também1 Defesa de Silveira apresenta novo pedido de habeas corpus
2 Esposa de Daniel Silveira faz revelação: "Agentes da PF me pediram desculpas"
3 Após caso João Beto, Carrefour decide contratar diretor negro
4 Alexandre de Moraes autoriza saída temporária de Silveira
5 Empresário e família estavam em avião que caiu em Piracicaba

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.