Damares responde MPF sobre obras no Memorial da Anistia

Ministra afirmou que não há verbas para continuar a obra do memorial

Pleno.News - 20/08/2019 11h48

Ministra Damares Alves Foto: Folhapress

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, questionou onde estava o Ministério Público Federal (MPF) para apurar indícios de irregularidades no prédio do Memorial da Anistia. Ela fez uma publicação nas redes sociais nesta terça (20).

– Onde estava o MPF que não questionou os outros governos pela demora na entrega da obra que teve início em 2009? Onde estava o MPF quando apareceram os indícios de desvios de verbas públicas na obra? Agora sou eu a questionada sobre a destinação do prédio? Já adianto ao MPF que darei o destino certo ao prédio e farei tão somente o que a lei me lei me permitir. Mas também já informo ao MPF que espero dos procuradores o mesmo empenho na hora de pedir a condenação dos responsáveis pelas irregularidades na obra – disse a ministra.

O MPF pediu explicações à Damares sobre a afirmação de que governo pretende mudar a destinação do prédio escolhido para abrigar o Memorial da Anistia Política no Brasil, em Belo Horizonte (MG).

De acordo com a ministra, não há recursos para continuar a obra e que precisaria encontrar outra destinação para o imóvel que abriga o memorial.

LEIA TAMBÉM+ Governo conclui MP que transfere Coaf para BC
+ Mulher de premier ironizou indicação de Eduardo?
+ Velha guarda do PSDB quer barrar filiação de Frota


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo