Leia também:
X Augusto Aras nega apreensão do celular de Bolsonaro

Damares protesta contra ação do STF em inquérito das fakes

Ministra afirmou que medidas tomadas pela Suprema Corte atacam direitos como liberdade de expressão e opinião

Paulo Moura - 28/05/2020 10h08 | atualizado em 28/05/2020 10h11

Ministra Damares Alves Foto: PR/Isac Nóbrega

Em publicação nas redes sociais no fim da noite de quarta-feira (28), a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, protestou contra as ações recentes do Supremo Tribunal Federal (STF) determinadas no âmbito do inquérito da Corte que investiga a produção de notícias falsas e ofensas ao Supremo.

Na breve declaração, a ministra afirmou que as ações recentes do STF podem colocar em risco o direito à liberdade de expressão e opinião, garantidos pela Constituição.

– Registro minha contrariedade com as recentes medidas protagonizadas pelo STF que podem colocar em risco a liberdade de expressão e de opinião, garantidas pela Constituição Federal e previstas na Declaração Universal do Direitos Humanos – escreveu.

OPERAÇÃO
Na manhã de quarta-feira (27), agentes da Polícia Federal cumpriram 29 mandados de busca e apreensão em cinco estados e no Distrito Federal. Na ação, os principais alvos foram aliados e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, como o empresário Luciano Hang e o jornalista Allan dos Santos, do portal Terça Livre.

Membros do governo federal e o próprio presidente Jair Bolsonaro se posicionaram contra as ações, determinadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF. Segundo Bolsonaro, a medida é um “sinal que algo de muito grave está acontecendo com nossa democracia”.

Leia também1 Governo pede suspensão do depoimento de Weintraub
2 86 milhões de crianças devem entrar na pobreza após Covid
3 Bolsonaro sanciona lei de socorro a estados e municípios
4 Ministro da Justiça entra com HC em favor de investigados
5 "Algo grave está acontecendo com nossa democracia"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.