Leia também:
X Allan sugere que ‘alguém do STF’ está por trás de facada

Damares detona site e diz que governo prioriza família

Ministra rebateu conteúdo de O Antagonista sobre iniciativa do governo

Ana Luiza Menezes - 22/06/2020 16h57 | atualizado em 22/06/2020 18h32

Ministra Damares Alves Foto: PR/Isac Nóbrega

Nesta segunda-feira (22), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, usou as redes sociais para rebater uma matéria do site O Antagonista a respeito da criação do Observatório Nacional da Família (ONF).

– Nota sem pé nem cabeça. Problematiza onde não há problema. Mas enfim, obrigada por divulgar o Observatório – declarou.

Na publicação, a ministra ressaltou ainda que o governo federal prioriza a família.

– O governo [do presidente Jair Bolsonaro] sempre coloca a família como prioridade – escreveu.

Segundo O Antagonista, a portaria assinada por Damares para criação do ONF “não especifica a composição ou como o governo vai utilizar os resultados”.

Ministra contestou matéria de O Antagonista Foto: Reprodução

A partir do dia 1º de julho, pesquisadores, gestores, parlamentares, organizações da sociedade civil e demais interessados nos temas que envolvem o universo familiar passarão a contar com o ONF, segundo o governo federal. A finalidade é “dar visibilidade ao papel da família num cenário privilegiado para a transmissão de valores e de proteção social”.

– Caberá a ele [ONF], além de produzir conhecimento científico sobre a família, ser um polo dinamizador de uma rede de investigadores nacionais e internacionais dedicados à investigação científica nas mais diversas vertentes temáticas.

O observatório também deverá incentivar o desenvolvimento de pesquisas nos programas de pós-graduação e fortalecer o diálogo entre a comunidade acadêmica e os gestores de políticas públicas relacionadas à família. Por meio dessa iniciativa, é esperada a utilização de dados estatísticos como subsídios estimulem a formulação, monitoramento e avaliação de políticas públicas voltadas para as famílias, explicou o texto publicado no site do governo.

Leia também1 "Irei assinar o impeachment de Moraes", diz senadora
2 Estreia de Moro na Crusoé leva enxurrada de descurtidas
3 "Agradeço aos que oram por mim", diz Weintraub nos EUA
4 Mario Frias é pró-cloroquina, crítico do STF e do isolamento
5 Bolsonaro vai se reunir com candidato cotado para o MEC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.