Leia também:
X Guilherme Boulos tem celular invadido e clonado por hackers

Damares defende “cadeia imediatamente” para Robinho

Para a ministra, "nenhum estuprador pode ser aplaudido"

Henrique Gimenes - 19/10/2020 17h46 | atualizado em 19/10/2020 17h59

Damares defende “prisão imediatamente” para Robinho Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (19), a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, comentou o episódio envolvendo o atleta Robinho. Ela disse que “nenhum estuprador pode ser aplaudido” e defendeu “cadeia, imediatamente” para o jogador.

Robinho chegou a ser contratado pelo Santos, mas teve o contrato suspenso após pressão de torcedores e patrocinadores. A polêmica ocorreu devido à condenação em primeira instância que ele teve na Justiça italiana. Robinho foi acusado de violência sexual contra uma jovem albanesa em 2013 e condenado, em 2017, a nove anos de prisão. Além dele, outras cinco pessoas também foram acusadas de participação.

Ao comentar a condenação, Damares defendeu a prisão do atacante.

– Cadeia, imediatamente. Não tenho outra palavra para falar. Ainda cabe recurso, mas o vazamentos dos áudios (…) Querem mais o que? Cadeia. Nenhum estuprador pode ser aplaudido. O cara quer voltar para o campo? – destacou.

A ministra também deu parabéns ao Santos por ter decidido suspender o contrato.

– O clube já reviu, parabéns ao Santos por ter rescindido. Eu sei que ainda cabe recurso lá, mas acho que está muito claro – ressaltou.

Leia também1 "O erro foi não ter sido fiel à minha esposa", admite Robinho
2 Robinho critica ataques da Globo: 'Emissora do demônio'
3 Esquerda "cancela" Haddad após 'piada racista' com Casagrande
4 Após pressão, Santos decide suspender contrato com Robinho
5 Gravação mostra Robinho rindo com amigo: "Não estou nem aí"

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.