Leia também:
X “Eu mudei, Alckmin mudou”, diz Lula ao tentar justificar aliança

Damares Alves confirma domicílio eleitoral em Brasília

Expectativa era de que a ex-ministra se candidatasse pelo Amapá

Monique Mello - 05/04/2022 12h15 | atualizado em 05/04/2022 14h25


Damares Alves ainda não decidiu sobre candidatura

A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves (Republicanos), comunicou na manhã desta terça-feira (5) que mudou seu domicílio eleitoral para o Distrito Federal, embora tenha sido cogitada por seis estados. Em seu perfil oficial no Twitter, Damares ainda não deu certeza sobre uma candidatura.

– Nos últimos meses houve muita especulação sobre uma possível candidatura. Em ao menos seis estados cogitaram meu nome, e desde já agradeço todo o carinho desse povo maravilhoso de São Paulo, Pará, Amapá, Roraima e do meu amado Sergipe – escreveu.

– Mas tenho que informar a todos que mudei meu domicílio eleitoral para o Distrito Federal. Brasília me acolhe há 23 anos e já me sinto um pouco filha dessa terra também. Quero muito lutar por todos os brasileiros e, na mesma medida, dedicar meu trabalho também ao povo do DF – prosseguiu.

Ao se filiar ao Republicanos e deixar o cargo de ministra, criou-se a expectativa de que Damares fosse candidata ao Senado pelo Amapá. Quanto ao domicílio eleitoral, a ex-ministra já descartou o estado da região Norte. Já quanto à candidatura, ela afirma que ocorrerá pela vontade de Deus e do presidente Jair Bolsonaro.

– Isso quer dizer que sou candidata? Ainda não. E se isso acontecer será, primeiramente, pela vontade de Deus e, em seguida, por orientação de meu partido, o @republicanos10, e do nosso presidente @jairbolsonaro – declarou Damares, que concluiu pedindo oração a todos.

Leia também1 Eleições: Nove ministros deixam o governo. Veja a lista completa
2 Conheça os novos ministros escolhidos por Jair Bolsonaro
3 Cristiane Britto assumirá posto de Damares em ministério
4 Republicanos filia ministros Tarcísio Freitas e Damares Alves
5 Negociador da saída de Moro recebeu R$ 60 mil do Podemos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.