Leia também:
X Após ser cobrado, líder do MBL ofende Janaina Paschoal: ‘Porca’

Dallagnol critica Lewandowski e diz que STF é ‘casa da mãe Joana’

Ex-procurador afirmou que Ricardo Lewandowski "faz o que quer" a favor do ex-presidente Lula

Paulo Moura - 06/03/2022 15h08 | atualizado em 07/03/2022 10h37

Ex-procurador da República, Deltan Dallagnol Foto: Agência Brasil/José Cruz

Ex-chefe da Força Tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PR), o ex-procurador Deltan Dallagnol fez duras críticas contra o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), e contra a própria Suprema Corte em suas redes sociais.

Em uma postagem feita no Twitter, na última sexta-feira (4), o ex-procurador afirmou que Lewandowski “faz o que quer a favor” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Escreveu ainda que a Suprema Corte brasileira “virou a casa da mãe Joana”.

– O STF virou a casa da mãe Joana: o min. Lewandowski faz o que quer em favor do ex-presidente Lula (que o indicou ao STF e sempre o elogia), primeiro no Mensalão, depois autorizando entrevistas, depois no triplex, depois na leniência da Odebrecht e agora na Greenfield – declarou.

Deltan criticou o ministro Ricardo Lewandowski e o STF Foto: Reprodução/Twitter

O ex-procurador, que é pré-candidato a um cargo na Câmara dos Deputados, criticou ainda o que chamou de “operação abafa” no STF. Segundo ele, o movimento atuaria a partir da “mudança de regras no tapetão para anular processos e condenações, favorecendo corruptos e promovendo a impunidade”.

– Lewandoswki adota a narrativa da defesa como verdade sem qualquer apuração devida, contraditório adequado ou análise crítica dos fatos. Ou seja: faz o que quer monocraticamente e o resultado é a impunidade da grande corrupção política – explicou Deltan.

A decisão sobre a qual o ex-chefe da Lava Jato no Paraná se refere é em caráter liminar, ou seja, provisória, e vale até julgamento do mérito pelo plenário do Supremo. A ação é relacionada ao suposto tráfico de influência do ex-presidente na compra de caças suecos.

Leia também1 Após ser cobrado, líder do MBL ofende Janaina Paschoal: 'Porca'
2 Dinheiro esquecido: Pedidos de resgate começam nesta segunda
3 "Não é apenas operação militar, é guerra", afirma papa Francisco
4 Ucrânia: Segunda tentativa de corredor humanitário fracassa
5 Noiva lembra última conversa com jogador morto após infarto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.