Leia também:
X Cinco pessoas da mesma família morrem afogadas no Rio Tietê

Crítico ferrenho de Bolsonaro, Estadão detona escolhas de Lula

Jornal publicou editorial classificando como "decepcionante" a formação do governo

Marcos Melo - 25/12/2022 15h47 | atualizado em 26/12/2022 11h20

Lula Foto: EFE/ Joédson Alves

O Jornal O Estado de São Paulo publicou editorial, neste sábado (24), no qual demonstrou sua frustração com a formação dos ministérios de Lula (PT), que teria de ser compatível com o discurso de campanha, quando o presidente eleito falou em frente ampla; mas que não está sendo critério para suas escolhas. Dos nomes já divulgados para as pastas, a maioria é composta por seus correligionários.

– É absolutamente decepcionante para o país verificar a atual composição dos ministérios que vai sendo delineada – relatou.

Dura oposição nos últimos quatro anos ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), o Estadão se mostra inconformado com a maneira como Lula vai escrevendo as primeiras linhas desta gestão. O jornal chama a atenção para a mudança severa de conduta naquilo que, há pouco, se comprometeu o presidente eleito. É um “governo radicalmente petista, justamente o contrário daquilo que foi repetidas vezes prometido”.

– Todos os postos decisivos estão a cargo do PT ou de gente que, por mais que esteja circunstancialmente em outra legenda, sempre teve e continua tendo a mesma visão do PT – desaprova a publicação.

O texto manifesta sua aversão ao tradicional “modus operandi” dos petistas, que se voltam para seus interesses e ignoram as grandes necessidades do país. O editorial destaca também que “Lula e seu partido não entenderam nada, não aprenderam nada, não mudaram nada”.

– Nessa composição ministerial dominada pelo PT, há um fato especialmente preocupante. Não é que Lula esteja “apenas” descumprindo a sua principal promessa de campanha, o que, por si só, é grave. No regime democrático, o eleitor merece mais respeito. A monocromia político-ideológica dos ministérios expressa uma profunda incompreensão do atual país a ser governado e dos desafios que terá pela frente – destaca o indignado posicionamento do veículo de imprensa.

Leia também1 Lula prova terno e curte Natal em SP; Bolsonaro ficou no DF
2 Lula ignora o passado e repete cinco ministros da gestão Dilma
3 Lula terá quase 10 mil cargos comissionados para distribuir
4 Lula desconfia dos militares e entrega à PF sua segurança
5 Comentarista critica escolhas de Lula para ministérios

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.