Leia também:
X Foi a Exame que falou da relação de HIV e vacina, diz Bolsonaro

CPI: Renan Calheiros quer banir Bolsonaro das redes sociais

Senador disse que vai incluir a medida no relatório da CPI da Covid

Henrique Gimenes - 25/10/2021 19h45 | atualizado em 26/10/2021 10h00

Senador Renan Calheiros Foto: EFE/Joédson Alves

Nesta segunda-feira (25), o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, afirmou que irá pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para banir o presidente Jair Bolsonaro das redes sociais.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o parlamentar ressaltou que irá incluir o pedido de medida cautelar em seu relatório final da CPI. A medida, no entanto, ainda precisa ser aprovada pela CPI durante a votação do relatório, marcada para ocorrer nesta terça-feira (26).

– Vou pôr em votação para que Bolsonaro seja excluído das redes, assim como aconteceu com o Trump [ex-presidente dos EUA]. Bolsonaro não muda, continua fazendo as mesmas coisas – apontou.

A iniciativa de Renan ocorre após a “polêmica” a respeito de uma declaração de Bolsonaro sobre a vacina da Covid-19 e a Aids (doença transmitida pelo vírus HIV). A associação entre elas foi feita pelo presidente ao ler uma reportagem da revista Exame em sua live, na última quinta-feira (21).

Leia também1 Foi a Exame que falou da relação de HIV e vacina, diz Bolsonaro
2 STF: Dias Toffoli arquiva ação de governadores contra Bolsonaro
3 Eustáquio vai se candidatar ao Senado por São Paulo em 2022
4 Presidente do PL reforça convite de filiação a Jair Bolsonaro
5 Conta de Bolsonaro no YouTube poderá sofrer suspensão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.