Leia também:
X Narrativa de que governo pediu propina é apócrifa, diz Bezerra

CPI: Omar Aziz nega pedido de prisão de Dominguetti

Senadores pediram a prisão do PM por falso testemunho

Henrique Gimenes - 01/07/2021 17h17 | atualizado em 01/07/2021 18h40

Senador Omar Aziz, presidente da CPI da Covid Foto: Agência Senado/Jefferson Rudy

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, negou pedidos para a prisão de Luiz Paulo Dominguetti, Policial Militar que se apresentou como representante informal da Davati Medical Supply. Ele é ouvido pela CPI após falar sobre um pedido de propinas, por parte do Ministério da Saúde, durante uma negociação pela aquisição de vacinas da Covid.

Em seu depoimento, Dominguetti chegou a ser acusado por senadores de mentir e, de acordo com alguns parlamentares de oposição, de ter sido “plantado” na CPI para atrapalhar os trabalhos.

Ao negar-se a mandar prender o depoente, Aziz disse pensar na família de Dominguetti.

– Tenho tido paciência, e já pediram várias vezes para lhe prender aqui, várias pessoas. E não é só da base e da oposição, não. Muitas pessoas […] Não tenho nenhuma intenção de prendê-lo; não irei lhe prender. Não irei lhe prender porque imagino suas filhas, seus filhos, sua esposa, lhe vendo neste momento. Aquilo que a gente não quer para a gente, a gente não deseja para os outros – informou Aziz.

Leia também1 Parlamentares pedem CPI Mista para investigar estados
2 Dominguetti diz que teve convite para negociar Sputnik V
3 OAB também deve pedir o impeachment de Bolsonaro
4 Após áudio de Miranda, CPI apreende celular de Dominguetti
5 Luis Miranda pede a Aziz prisão de Dominguetti, diz site

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.