Leia também:
X Algumas vacinas demandarão 3ª dose, diz presidente da Anvisa

CPI: Diretora da Precisa se diz ‘exausta’ e será ouvida amanhã

Emanuela Medrades se manteve em silêncio em diversas perguntas

Gabriela Doria - 13/07/2021 21h30 | atualizado em 13/07/2021 21h31

Diretora da Precisa Medicamentos Emanuela Medrades Foto: Agência Senado/Pedro França

O presidente da CPI da Covid-19, senador Omar Aziz (PSD-AM), encerrou a sessão desta terça-feira (13), que ouviu a diretora da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, após a depoente alegar “exaustão”. O depoimento da executiva foi marcado por atrasos e recusas em responder as perguntas. Com isso, ela terá que retornar para depor nesta quarta-feira (14), às 9h.

– Eu estou sem condições físicas e psicológicas, não tem crimes ou irregularidade. Estou disposta a esclarecer. A minha intenção é colaborativa – afirmou Emanuela.

Com habeas corpus concedido pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), Emanuela permaneceu a maior parte da oitiva recorrendo ao HC para não responder as perguntas. A estratégia irritou a cúpula da CPI e a sessão foi interrompida por mais sete horas, enquanto Aziz acionava Fux para saber até que ponto Emanuela estava abusando do direito de permanecer calada.

Fux afirmou que a defesa de Emanuela deveria listar previamente quais perguntas ou assuntos sua cliente se recusaria a comentar. No entanto, o ministro deu autonomia à CPI para delimitar até que ponto a executiva da Precisa Medicamentos estaria abusando do direito de permanecer calada. Isto significa que se Aziz entender que a depoente está evitando perguntas sem autorização judicial, ela poderá ser presa.

Leia também1 Conselho de Ética abre processo contra Barros e Luis Miranda
2 Defesa de Emanuela pede aval de Fux para escolher perguntas
3 Fux diz à CPI que Emanuela pode ser presa por ficar em silêncio
4 Aziz provoca Bolsonaro: 'Grande motoqueiro, péssimo presidente'
5 Calheiros pede convocação de Braga Netto na CPI da Covid

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.