Leia também:
X Manaus: Facção manda postos de gasolina baixarem preço

CPI da Covid: Parlamentares entregam relatório final a Aras

Após receber o documento, o PGR informou que apuração sobre autoridades com foro privilegiado pode 'avançar'

Henrique Gimenes - 27/10/2021 15h35

Entrega do relatório final da CPI da Covid ao PGR Augusto Aras Foto: Antonio Augusto/Secom/MPF

Na manhã desta quarta-feira (27), o procurador-geral da República, Augusto Aras, recebeu o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. O documento foi entregue pessoalmente por nove senadores e por um deputado.

O documento, aprovado por 7 a 4 na noite desta terça-feira (26), pede o indiciamento de 78 pessoas e de duas empresas. Um dos nomes na lista é o do presidente Jair Bolsonaro.

Ao receber o relatório, Aras afirmou que a CPI já produziu resultados e que com o documento em mãos, o Ministério Público Federal poderá “avançar na apuração” sobre autoridades com foro privilegiado.

– Esta CPI já produziu resultados. Temos denúncias, ações penais, autoridades afastadas e muitas investigações em andamento e agora, com essas novas informações poderemos avançar na apuração em relação a autoridades com prerrogativa do foro nos tribunais superiores – afirmou.

Agora os parlamentares devem aguardar cerca de 15 dias, que é o prazo para resposta de ação penal, e de 30 dias, o prazo para análise de relatório da CPI, antes de adotarem postura mais incisiva, que seria acionar diretamente o Supremo Tribunal Federal (STF) com uma ação penal subsidiária da pública, medida adotada em caso de uma suposta omissão por parte do Ministério Público.

Leia também1 Veja como votou cada senador sobre o relatório final da CPI
2 Bolsonaro diz que CPI prejudicou visão sobre o Brasil no exterior
3 CPI aprova relatório final com 80 pedidos de indiciamento
4 Donald Trump envia mensagem oficial de apoio a Bolsonaro
5 CPI da Covid entregará relatório final à PGR nesta quarta-feira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.