Leia também:
X 7 de setembro: Caravanas sairão de 10 estados rumo a Brasília

CPI: Barros acusa Renan de vazar dados sigilosos para O Globo

Deputado diz que dois servidores do senador acessaram seus dados no sistema

Gabriela Doria - 01/09/2021 11h29 | atualizado em 01/09/2021 11h37

Deputado federal Ricardo Barros é investigado pela CPI da Covid Foto: Agência Senado/Pedro França

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) acusou o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid-19, de vazar informações sigilosas a veículos de comunicação com o intuito de prejudicá-lo. Barros é um dos investigados da comissão.

Segundo o parlamentar, a cúpula da CPI informou ao Supremo Tribunal Federal que ninguém acessou seus dados no sistema. No entanto, Barros contesta e diz que dois funcionários do gabinete de Renan acessaram o conteúdo.

– RENAN ENGANOU CÁRMEN LÚCIA. A CPI informou ao STF que ninguém havia acessado meus dados no sistema. Ofício da CPI, corrigindo a informação, aponta que Weiller e Izabelle tiveram acesso aos dados sigilosos vazados horas antes de publicarem informação – diz uma publicação do deputado no Twitter, citando os nomes dos servidores de Renan.

Tuíte de Ricardo Barros acusando servidores de Renan Calheiros Foto: Reprodução Twitter

Barros diz ainda que o vazamento ocorreu para uma publicação do jornal O Globo. Na reportagem, o veículo mostra o Relatório de Inteligência Financeira (Rif), elaborado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que indicou suposta “movimentação financeira incompatível com o patrimônio, a atividade econômica ou a ocupação profissional e a capacidade financeira”.

O deputado afirmou que pretende solicitar ao STF que tome providências para responsabilizar a cúpula da CPI.

Leia também1 Renan acusa Ricardo Barros de chefiar 'esquema de roubalheira’
2 CPI da Covid inclui Osmar Terra e Onyx na lista de investigados
3 STF recusa denúncia de que Nise foi humilhada na CPI
4 OAB irá ao STF para impedir advogada de Bolsonaro na CPI
5 CPI da Covid convoca Karina Kufa, advogada de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.