Leia também:
X Casos absurdos: De soco em médico a drogas em caixões

Cotado para o MEC, Renato Feder se reúne com Bolsonaro

"O papel principal do MEC deve ser de apoiar e dialogar", declarou

Rafael Ramos - 23/06/2020 13h07

Renato Feder se reuniu com Bolsonaro Foto: Reprodução

Candidato à cadeira do Ministério da Educação e com apoio da ala militar do governo, o secretário estadual de Educação no Paraná, Renato Feder, se reuniu, nesta terça-feira (23), com o presidente Jair Bolsonaro por uma hora. Na reunião, Bolsonaro destacou que o substituto de Abraham Weintraub terá que apoiar estados e municípios no uso de tecnologia para aulas remotas e na retomada de atividades.

– Foi uma conversa muito técnica, principalmente sobre como ajudar as secretarias estaduais e municipais nessa época de quarentena, o que o MEC pode fazer principalmente com tecnologia para ajudar os alunos nas aulas remotas. O presidente muito corretamente está fazendo a análise do que é melhor para o MEC e para nossos jovens. Imagino que ele vai querer conversar com outras pessoas e fazer a melhor escolha – revelou Feder em entrevista a O Globo.

Além da retomada das aulas, o chefe do Executivo demonstrou preocupação com o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que promove o financiamento da educação básica pública, e sobre como fazer para que o Brasil seja uma potência educacional.

– A ideia é dar muito apoio para estados e municípios. Esse é o principal papel do MEC. Os alunos são do município e dos estados, mas o papel principal do MEC deve ser de apoiar e dialogar. Como bom estadista, ele disse que vai analisar e que gostou da conversa – concluiu.

Leia também1 Casos absurdos: De soco em médico a drogas em caixões
2 Witzel deve ser notificado de impeachment nesta terça
3 "O poço é mais fundo", diz ex-secretário de saúde de Witzel
4 Justiça obriga Bolsonaro a utilizar máscara em público
5 Brasileiro tem mais confiança em Bolsonaro que em Bonner

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.