Leia também:
X “Estamos jogando pesado” contra alta dos combustíveis

Conselho de Ética arquiva ação contra deputado Luis Miranda

Placar final da votação terminou em 13 votos a 1

Henrique Gimenes - 03/11/2021 17h53 | atualizado em 03/11/2021 18h16

Deputado Luis Miranda Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Nesta quarta-feira (3), o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu arquivar um processo contra o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). A ação havia sido apresentada pelo PTB, ao acusar o parlamentar de “criar uma narrativa com único objetivo de prejudicar o presidente da República”.

A medida teve início após Miranda afirmar, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, que teria alertado pessoalmente o presidente Jair Bolsonaro sobre irregularidades no contrato de compra de vacina Covaxin pelo Ministério da Saúde.

Após a fala, o PTB decidiu acionar o Conselho de Ética. Mas o relator do caso, Gilberto Abramo (Republicanos-MG) votou pelo arquivamento da denúncia.

O placar final ficou em 13 votos a 1 a favor de Miranda.

Já a votação de um processo contra o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) foi adiada.

Leia também1 Conselho de Ética abre processo contra Barros e Luis Miranda
2 "A CPI descortinou esquema de corrupção nunca visto"
3 Ricardo Barros avisa que vai à Justiça contra a CPI da Covid
4 Miranda diz à PF que tem 'medo' de Lira, Ciro e Ricardo Barros
5 Luis Miranda pode ser preso por falsa acusação contra Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.