Leia também:
X Justiça do AM barra ação contra Pazuello por crise de oxigênio

Congresso aprova alteração na escolha de ministros do STF

Parlamentares elevaram idade máxima do indicado para 70 anos. Mudança vale também para outras Cortes superiores

Henrique Gimenes - 10/05/2022 20h29 | atualizado em 11/05/2022 16h20

Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Nesta terça-feira (10), o Senado Federal aprovou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que altera a idade máxima de nomeados para o Supremo Tribunal Federal (STF). Com a medida, o limite passa dos atuais 65 anos para 70 anos.

Além do STF, a mudança também valerá para as outras Cortes, como o STJ (Superior Tribunal de Justiça); os TRFs (Tribunais Regionais Federais); o Tribunal Superior do Trabalho; os Tribunais Regionais do Trabalho; e ainda o TCU (Tribunal de Contas da União). Além disso, o STM (Superior Tribunal Militar) também passará a ter limite de idade.

O relator da PEC no Senado foi Weverton Rocha (PDT-MA), que não modificou o texto da Câmara.

– O acréscimo proposto pela PEC de limite de idade máxima de 70 anos para a indicação de ministros civis ao STM é de todo razoável e apresenta simetria com o tratamento conferido à matéria nos outros Tribunais Superiores – apontou.

Leia também1 Randolfe aciona o TSE para PL não auditar as urnas eletrônicas
2 Moraes une inquérito de milícias digitais a apuração de Bolsonaro
3 "Bolsonaro não fez 10% do que o PT fez", diz Lula a empresários
4 Planalto diz ao STF que perdão a Silveira é constitucional
5 Deputado vai ao TSE para apurar gasto de Bolsonaro em motociata

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.