Leia também:
X Após polêmica, Janja veta amigo de Eduardo Paes no governo Lula

Com Lula, Margareth Menezes terá R$ 10 bilhões para Cultura

Valor disponível no próximo ano é mais de seis vezes maior do que a verba que a pasta teve em 2022

Paulo Moura - 27/12/2022 14h02 | atualizado em 27/12/2022 14h39

Luiz Inácio Lula da Silva, e a futura ministra da Cultura, Margareth Menezes Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A cantora Margareth Menezes deve ter uma cifra considerável a seu dispor no primeiro ano da nova gestão do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Planalto. Indicada pelo petista para comandar o futuro Ministério da Cultura, Menezes terá mais de R$ 10 bilhões para administrar em 2023, valor seis vezes maior do que o disponível em 2022, que foi de R$ 1,67 bilhão.

De acordo com uma reportagem publicada pelo jornal Folha de São Paulo, o Orçamento Anual de 2023 já garantiu R$ 5,7 bilhões para a área, enquanto outros R$ 3,8 bilhões serão oriundos da Lei Paulo Gustavo e R$ 1,2 bilhão serão da Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional (Condecine), o que já totaliza R$ 10,7 bilhões.

Nesta segunda-feira (26), Margareth Menezes comemorou as cifras e anunciou que a pasta terá um “recurso orçamentário histórico” sob a gestão de Lula. Em uma publicação no Twitter, ela ainda atacou o atual governo dizendo que realizará muito pelo setor após “quatro anos de descaso”.

– Gente, pra mim, é muito importante poder anunciar que, depois de quatro anos de descaso na Cultura, finalmente, poderemos realizar! Unindo forças entre setor cultural, governo de transição e Congresso Nacional, garantimos um recurso orçamentário histórico – escreveu.

Leia também1 Posse de novos comandantes de Exército e Marinha é antecipada
2 EUA: Deputado eleito, filho de brasileiros, mentiu no currículo
3 Ibaneis fala em desmobilização de manifestantes em quartel
4 Aos 48 anos, atriz Hilary Swank comemora gravidez de gêmeos
5 Record terá de pagar R$ 70 mil por chamar homem de assassino

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.