Leia também:
X Justiça nega pedido de Flordelis e mantém júri em Niterói

Live entre Gregório Duvivier e Ciro é marcada por bate-boca

Troca de farpas e interrupções marcaram debate entre humorista e ex-governador

Paulo Moura - 21/05/2022 10h56 | atualizado em 21/05/2022 11h36

Live entre Gregório e Ciro virou troca de farpas Foto: Reprodução/Redes Sociais

A live entre o humorista Gregório Duvivier e o pré-candidato a presidente da República, Ciro Gomes (PDT), na noite desta sexta-feira (20), foi marcada por uma série de momentos em que sequer era possível compreender o que ambos estavam falando, dadas as interrupções frequentes, especialmente por parte do pedetista.

O que pretensamente deveria ser um debate acabou virando um bate-boca com troca de farpas de ambos os lados. Enquanto Ciro mantinha a tática de atacar o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT), Gregório buscava defender as pautas petistas e o próprio Lula, como quando disse que o ex-chefe do Executivo foi inocentado.

– Minha tática é tirar Bolsonaro. Lula vai começar a cair nas pesquisas. Bolsonaro vai cair também. O tempo disso é diferente da imprensa. Vão tentar me desqualificar o tempo inteiro – afirmou Ciro.

Em determinado momento, o pedetista expôs o que chamou de “grande angústia existencial” por ver “a melhor elite brasileira fazendo apologia a um ignorante corrupto”, em uma referência a Lula. Gregório então saiu em defesa do ex-presidente e disse que era errado chamá-lo de corrupto pois, segundo ele, o petista tinha sido inocentado.

A declaração de Gregório irritou Ciro, que subiu o tom e repetiu várias vezes que a alegação de que Lula tinha sido inocentado era “mentira do PT”. O ex-governador do Ceará também lembrou que o petista teve apenas as condenações anuladas.

– Ele não foi inocentado, é mentira do PT, Lula teve os processos anulados. Ele volta à presunção de inocência, mas ele não foi inocentado, desculpa, isso é mentira do PT e você está fazendo umas jogadinhas ensaiadas aí que são básicas – declarou Ciro.

Interrompido por Ciro em diversos momentos, Gregório chegou a chamar o ex-governador de “chato para caramba” por não deixá-lo falar, e disse que o pedetista brigava “com a sombra”. O humorista ainda afirmou que Ciro não era contra corrupção, principalmente levando em consideração a lista de aliados dele.

– [Você] é chato para caramba, chama a pessoa e não deixa ela falar. Você tem debatido sozinho, briga com a sombra (…). Você não tem problema com corrupção, olha os seus aliados. O que tem em comum Cabo Daciolo, [Luciano] Bivar, [Aldo] Rebelo? – questionou Duvivier.

Após o fim do programa com Ciro, Duvivier disse em seu perfil no Twitter que o pedetista mentiu. Para a conclusão, o humorista publicou um episódio em que o pedetista disse que “tem gente que acha que basta ser baixinho e comediante” para virar estadista.

– Agora há pouco, Ciro afirmou que não fez ataques pessoais e nem que fez insinuações em seu vídeo na semana passada. Aqui, está o vídeo [assista abaixo]. Falar pode, Ciro. Mas não pode mentir. Tirem suas próprias conclusões – disse.

A realização da live aconteceu depois que, durante seu programa, o Greg News, Duvivier criticou Ciro e incentivou que eleitores do pedetista votassem em Lula no 1° turno das eleições de outubro. Em resposta, o pedetista convidou o humorista para um debate e criticou as declarações de Duvivier.

Leia também1 Justiça nega pedido de Flordelis e mantém júri em Niterói
2 Doria diz que "ninguém tem o direito de desmerecer" prévias
3 Bolsonaro ri de memes e fala sobre encontro com Elon Musk
4 STF decide que Lira não tem prazo para avaliar impeachment
5 Bolsonaro participará da Marcha para Jesus em Curitiba

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.