Leia também:
X Fux manda prender condenados no caso da boate Kiss

Ciro desafia Moro a “mostrar a coragem” em um debate

Ex-governador do Ceará chamou o ex-ministro da Justiça de "despreparado", "covarde" e "dissimulado"

Henrique Gimenes - 14/12/2021 19h21 | atualizado em 15/12/2021 11h21

Ciro Gomes e Sergio Moro Fotos: Agência Brasil/Marcelo Camargo // Agência Brasil/Marcelo Camargo

Nesta terça-feira (14), o ex-governador do Ceará disparou ataques contra o ex-ministro da Justiça Sergio Moro e ainda fez um desafio: chamou-o para participar de um debate. Ciro disse que Moro é um “despreparado” e perguntou ao ex-juiz se ele gostaria de demonstrar “sua coragem”.

A declaração de Ciro foi feita ao ele comentar uma reportagem em que Moro diz ter dúvidas de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente Jair Bolsonaro participariam de um debate com ele.

Ciro então afirmou que nenhum deles iria debater com ninguém e propôs o desafio ao ex-juiz:

– Moro, eu não tenho dúvida. Tenho certeza de que eles não aceitarão debater com ninguém, nem mesmo com um despreparado, como você. Mas você não gostaria de demonstrar sua “coragem” e “preparo” debatendo, agora, comigo? – questionou.

O ex-governador então continuou seus ataques a Moro e disse ter certeza de que ele não aceitará um debate.

Por que você tem fugido aos desafios que tenho lhe feito reiteradamente? Escolha o dia, a hora, o formato e o tema que quiser. Aceitarei de pronto. Eu que sei que você não aceitará porque é covarde, dissimulado e despreparado – ressaltou.

Leia também1 Partido de Moro tem dirigente condenado por nepotismo
2 Fim do contrato de Moro com consultoria está na mira do MP
3 "Decisão do ministro Barroso está correta", diz Moro em vídeo
4 Moro "mira" nos evangélicos, diz presidente do Podemos
5 Bolsonaro divulga vídeo denunciando "jogo do poder" de Moro e Dallagnol contra seu governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.