Leia também:
X Vídeo: Passageiro se descontrola durante voo da Gol

Ciro bate boca com jornalistas no Roda Viva: “Hostilidade”

Presidenciável demonstrou-se insatisfeito ao ser interrompido por Vera Magalhães

Thamirys Andrade - 16/08/2022 13h21 | atualizado em 16/08/2022 13h47

Ciro Gomes Foto: Reprodução / Youtube

Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência, trocou farpas com os jornalistas Vera Magalhães e Flávio Costa durante entrevista concedida por ele ao programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (15). Na ocasião, o presidenciável se demonstrou insatisfeito ao ser interrompido pela comunicadora, e ambos trocaram acusações de “hostilidade”.

O atrito teve início quando o jornalista Flávio Costa questionou o pedetista sobre suas intenções de promover um pacto nacional e um plebiscito caso seja eleito.

– Você fala em plebiscito após seis meses. Isso não é tensionar ainda mais essa relação com o Congresso que é dominado por Arthur Lira hoje, Ciro Nogueira, essas raposas do Centrão? – interpelou Costa.

Ciro Gomes iniciou, então, uma longa resposta. A jornalista Vera Magalhães tentou interromper por duas vezes, sendo ignorada e mesmo repreendida pelo presidenciável. Por fim, a comunicadora se mostrou mais severa:

– Candidato, eu preciso lhe interromper porque senão vira discurso, e é uma entrevista. O senhor já falou tudo isso – assinalou.

O pedetista, por sua vez, alegou estar repetindo o que já havia falado, pois Flávio Costa teria demonstrado que não tinha ouvido.

– Mas ele [Flávio Costa] fez de conta que não ouviu. Isso não é discurso, não. É resposta objetiva para uma pessoa que não ouviu o que falei para o outro (…). Para que essa hostilidade toda? – rebateu.

Vera Magalhães reverteu a acusação e disse que o pedetista é quem havia praticado hostilidade para com ela.

– O senhor foi hostil comigo, tentei lhe interromper umas duas vezes (…). É impossível não interrompê-lo, candidato, porque a gente só tem duas horas, infelizmente – pontuou.

Após um intervalo comercial, os ânimos estavam mais serenos, e Ciro reforçou ter “afeto” por todos os comunicadores presentes.

– Essa discussão aqui são só os assuntos do Brasil. Eu tenho muito afeto por todos aqui e sou muito defensor das minhas ideias – declarou.

Leia também1 Feliciano rebate acusações de fake news sobre Lula e o PT
2 Fachin autoriza campanha de prevenção à varíola do macaco
3 Acusado de vários crimes, ator alega problema de saúde mental
4 Vídeo de estreia da campanha de Bolsonaro convida povo às ruas
5 Lula quer ser presidente para "mudar de novo a vida do povo"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.