Leia também:
X Desaprovação do governo Lula sobe e aprovação cai, diz estudo

Chefe do GSI apresenta atestado e falta em audiência na Câmara

Parlamentares governistas disseram que o ministro passou mal e não poderia comparecer

Paulo Moura - 19/04/2023 14h46 | atualizado em 19/04/2023 16h03

Lula e o ministro Gonçalves Dias, do GSI Foto: Lula/Ricardo Stuckert

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Gonçalves Dias, apresentou um atestado médico e não compareceu à Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (19). Parlamentares governistas disseram que ele passou mal e, por isso, não poderia estar presente.

A ausência do ministro na sessão ocorre justamente no dia em que imagens dele dentro do Palácio do Planalto no momento das invasões do 8 de janeiro foram divulgadas pela CNN Brasil. Nos vídeos divulgados pela emissora, Dias chega a mostrar o local de saída para pessoas que invadiram a sede do Executivo federal.

Segundo a CNN, que divulgou as imagens, os vídeos mostram que, em vários momentos, funcionários do GSI e invasores circularam no Palácio do Planalto. No terceiro andar, onde as câmeras registraram as imagens do ministro, diversas pessoas quebraram câmeras de segurança, mesas de vidro e o relógio Balthazar Martinot, que chegou ao Brasil pelas mãos de dom João VI em 1808.

O chefe do GSI havia sido convidado exatamente para falar sobre a ação do Gabinete de Segurança Institucional nos atos do dia 8 de janeiro. O órgão era o responsável pela segurança do Palácio do Planalto, que foi invadido e depredado por manifestantes.

Leia também1 Para van Hattem, "Lula não pode continuar como presidente"
2 STJ autoriza família de Marielle a acessar inquérito sigiloso
3 Valor médio do aluguel dispara no primeiro trimestre de 2023
4 "O governo Lula começa a cair hoje", declara Kim Kataguiri
5 General que estava no Planalto é conhecido como sombra de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.