Leia também:
X Em caso raríssimo, catarinense dá à luz a trigêmeos idênticos

Celso Russomanno acusa Boulos de contratar empresa fantasma

Duas contratadas da campanha de Boulos serviriam como laranja para desvio de dinheiro

Pierre Borges - 11/11/2020 14h25 | atualizado em 11/11/2020 16h43

Candidato Guilherme Boulos Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (11), em debate entre os candidatos à Prefeitura de SP, promovido pelo UOL em parceria com a Folha de S. Paulo, Celso Russomanno (Republicanos) questionou Guilherme Boulos (PSOL) sobre duas empresas supostamente fantasmas. As organizações foram contratadas pela equipe de Boulos para sua campanha eleitoral com dinheiro público.

Russomanno citou um vídeo publicado, nesta quarta, no canal Oswaldo Eustáquio, onde o blogueiro, homônimo ao canal, foi aos endereços de duas empresas contratadas pela equipe do candidato do PSOL, mas, em vez de encontrá-las, se deparou com residências domiciliares. Segundo o site Divulga Contas do TSE, a empresa Kyrion Consultoria e a Filmes de Vagabundo receberam, respectivamente, R$ 500 mil e R$ 28 mil.

Boulos disse desconhecer a reportagem e sugeriu que Russomanno estivesse fazendo uma “pegadinha” com ele. A resposta foi dada depois que Celso Russomanno insistiu duas vezes na pergunta sem obter resposta.

A equipe de Guilherme Boulos negou as informações de que as empresas seriam fantasmas. Segundo o PSOL, os funcionários da Kyrion e da Filmes de Vagabundo não foram encontrados nos locais, pois, devido à pandemia, estariam trabalhando em casa.

Leia também1 Anvisa autoriza retomada de testes da vacina CoronaVac
2 Contra Bolsonaro, sites mudam contexto de fala de embaixador
3 Pastor é detido após juíza se incomodar com som em culto
4 "Assassinaram um amigo", diz Duvivier sobre Cadu Barcellos
5 Sérgio Camargo "moraliza" lista de personalidades negras

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.