CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Malafaia se posiciona contra PL das Fake News: “Absurdo”

Caso Miguel: Prefeito casado com Sarí pode perder o cargo

Sérgio Hacker usou verba pública para pagar o salário de Mirtes Renata Santana

Rafael Ramos - 02/07/2020 12h43 | atualizado em 02/07/2020 12h59

Prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker pode ter o mandato cassado Foto: Reprodução

O prefeito de Tamandaré, em Pernambuco, Sérgio Hacker, pode perder seu cargo e se tornar inelegível ao responder por improbidade administrativa. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) acusa Sérgio e a secretária de Educação Maria da Conceição do Nascimento de usarem recursos públicos de forma indevida.

Casado com Sarí Corte Real, que é investigada pela morte o pequeno Miguel Otávio, de 5 anos, Hacker pagava o salário de Mirtes Renata Santana, mãe do menino, com dinheiro público. Mirtes trabalha como empregada doméstica na casa do casal e não sabia da falcratura.

Além de perderem o cargo, o Ministério Público pede que o prefeito e a secretária de Educação pagem uma multa, tenham seus direitos políticos suspensos temporariamente e sejam proibidos de contratar ou estabelecer vínculo de qualquer natureza com o poder público.

Sérgio Hacker chegou a devolver cerca de R$ 200 mil para alegar que não haveria danos aos cofres públicos . Entretanto, o crime de improbidade já havia sido cometido e violado princípios da administração pública.

Leia também1 Caso Miguel: Sari é indiciada por abandono de incapaz
2 Caso Miguel: Ex-patroa diz que não apertou botão de elevador
3 "Pessoa fria e calculista", diz mãe de Miguel sobre ex-patroa
4 Caso Miguel: Sari Corte depõe aos gritos de 'assassina'
5 Prefeito é investigado por cargo público de doméstica

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo