Leia também:
X Confira a agenda de Nikolas para o “vira voto” no Nordeste

Casagrande critica Damares: “Precisa ser impedida e punida”

Declarações contra a ex-ministra foram publicadas em texto do colunista, nesta terça-feira

Pleno.News - 11/10/2022 12h47 | atualizado em 11/10/2022 14h02

Walter Casagrande Foto: Reprodução /TV Globo

O colunista do UOL, Walter Casagrande, publicou um texto, nesta terça-feira (11), com críticas à ex-ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, eleita senadora pelo Distrito Federal nestas eleições, Damares Alves (Republicanos). Ele afirmou que Damares é “um poço sem fundo de ódio, perversidade, preconceitos e tudo de ruim que possa existir dentro de uma sociedade”.

– Ela é um dos piores elementos desse governo destruidor. E a parte que lhe cabe nessa destruição, só mesmo um ser humano com muita crueldade no coração consegue fazer. Ela destrói os princípios, os valores e o poder das relações de paz e amor – escreveu ainda Casagrande.

No artigo, o ex-jogador diz ainda que a ex-ministra “consegue ferir a alma das pessoas com falas cruéis, nojentas, sobre as crianças brasileiras”.

– Tudo o que ela fala é gravíssimo. (…) O que ela falou sobre o tráfico de crianças no Pará é inaceitável, perverso e nojento. Ouvir esse horror é como enfiar uma espada diretamente no fígado da família brasileira. (…) Precisamos chamar a atenção de todos para essa “pessoa” inescrupulosa, que está acabando com os nossos valores. (…) O “inferno” são vocês, Damares, e o que estão fazendo no nosso país. A justiça precisa tomar uma providência, porque isso o que ela está fazendo é doentio e criminoso. Damares, onde estão as fotos, as provas, que você disse que tinha? Claramente, são mentiras cruéis, usadas para manipular a cabeça das pessoas. (…) Esse “monstro” chamado Damares Alves tem que ser interditado e afastado da política. Não podemos aceitar mais esses tipos de falas horrendas e mentirosas – escreveu.

O articulista reagiu às declarações que a ex-ministra deu, no último sábado (8), durante visita à Assembleia de Deus Ministério Fama, em Goiânia (GO). Damares fez revelações chocantes sobre diversos crimes e abusos praticados contra crianças e que foram descobertos em sua gestão no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Em um dos momentos de sua fala, a ex-ministra relatou uma descoberta da pasta de que crianças entre 3 e 4 anos de idade estavam sendo traficadas para outros países a partir da Ilha de Marajó, no Pará, e que elas tinham seus dentes arrancados para que praticassem sexo oral nos abusadores.

– Fomos para a Ilha de Marajó e lá nós descobrimos que as nossas crianças estavam sendo traficadas por lá (…). Nós temos imagens de crianças nossas, brasileiras, de 4 anos, 3 anos, que quando cruzam as fronteiras, sequestradas, os seus dentinhos são arrancados para elas não morderem na hora do sexo oral. Nós descobrimos que essas crianças comem comida pastosa, para o intestino ficar livre para a hora do sexo anal – denunciou Damares.

Senadora eleita pelo Distrito Federal no último dia 2 de outubro, Damares também falou sobre o mercado de vídeos de estupro de bebês, assunto que já foi tema de reportagem especial do Pleno.News. De acordo com a ministra, os vídeos que registram os abusos chegam a custar entre R$ 50 mil e R$ 100 mil.

– Eu descobri que nos últimos sete anos no Brasil explodiu o número de estupros de recém-nascidos, nós temos imagens, lá no ministério, de crianças de oito dias sendo estupradas. Nós descobrimos que um vídeo de estupro de crianças custa entre R$ 50 mil e R$ 100 mil – detalhou.

A ex-ministra ainda afirmou que Bolsonaro tem atuado de forma a combater todos esses crimes e que, por causa disso, “o inferno se levantou” contra ele. Damares declarou que “a guerra contra Bolsonaro”, que diversas esferas promoveram ao longo dos últimos anos, “é espiritual”.

– A guerra contra Bolsonaro que a imprensa levantou, que o Supremo levantou, que o Congresso levantou, acreditem, não é uma guerra política, é uma guerra espiritual – finalizou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pleno.News (@plenonews)

Leia também1 Damares relembra ameaça de morte: 'A esquerda não precisa odiar tanto o cristão'
2 Confira a agenda de Nikolas para o "vira voto" no Nordeste
3 Apoiado por Lula, governador de Alagoas é afastado pelo STJ
4 Vera Magalhães diz que pesquisa Ipec chamou sua atenção
5 Tarcísio aponta diferença entre governo Bolsonaro e PT

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.