Leia também:
X Weintraub encontra ativistas bolsonaristas na Esplanada

Carlos reage a Gilmar Mendes e o compara a “doente mental”

Ministro do STF disse que Bolsonaro incentivou invasão a hospitais

Pleno.News - 14/06/2020 17h42 | atualizado em 14/06/2020 18h00

Vereador Carlos Bolsonaro reagiu às declarações do ministro Gilmar Mendes Foto: Reprodução

Numa referência a declarações recentes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, disse neste domingo (14) que estimular a invasão de hospitais é crime e afirmou que o Ministério Público deve atuar contra quem defende essa prática.

A mensagem do magistrado publicada no Twitter provocou reação do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), filho do presidente. Na mesma rede social, embora sem citar nominalmente Gilmar, ele se referiu ao ministro como “bandido ou um doente mental”.

– Invadir hospitais é crime – estimular também. O Ministério Público (a PGR e os MPs Estaduais) devem atuar imediatamente. É vergonhoso – para não dizer ridículo – que agentes públicos se prestem a alimentar teorias da conspiração, colocando em risco a saúde pública – escreveu Gilmar no Twitter, na manhã deste domingo.

Na quinta-feira (11), o presidente Bolsonaro pediu aos seus seguidores nas redes sociais que filmem o interior de hospitais públicos e de campanha para averiguar se os leitos de emergência estão livres ou ocupados.

Em live nas redes sociais, o presidente defendeu que, caso as imagens demonstrem alguma anormalidade, elas sejam enviadas ao governo federal, que o repassará para a Polícia Federal ou para a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) para que sejam investigadas.

Poucas horas depois da mensagem de Gilmar, o vereador Carlos Bolsonaro saiu em defesa do pai no Twitter.

– Só um bandido ou um doente mental para minimamente crer que o Presidente incentivou invasão a hospitais ao invés de entender que o citado foi para que cidadãos cumpram seu direito de fiscalizar os gastos públicos! – escreveu.

*Folhapress

Leia também1 Weintraub encontra ativistas bolsonaristas na Esplanada
2 Apoiadores mandam recado: "Ninguém derruba Bolsonaro"
3 Atos pró-Bolsonaro e contra Ibaneis movimentam Brasília
4 Ramos pode ir para a reserva para se dedicar ao governo
5 "Não adianta falar mal do Bolsonaro", afirma Galisteu

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.