Carlos Bolsonaro se irrita com teoria que envolve ele e Adélio

Agressor do presidente e vereador estiveram no mesmo clube de tiros em datas próximas

Pleno.News - 14/05/2019 09h46

Carlos Bolsonaro em clube de tiro Foto: Reprodução

O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, se irritou com uma nova teoria de conspiração que o aproxima do agressor de seu pai, Adélio Bispo. Nesta terça-feira (14), uma notícia antiga foi revivida por alguns portais de oposição, como Revista Fórum, Brasil 247 e DCM.

A informação requentada é de que Adélio frequentou o Clube de Tiro .38, em São José, na Grande Florianópolis. O clube tem dois dos filhos de Bolsonaro como membros: Carlos e Eduardo Bolsonaro. Adélio treinou no local no dia 5 de julho de 2018 e Carlos, no dia 7.

A notícia foi conhecida em setembro do ano passado, apenas um dia depois do atentado a faca em Juiz de Fora, Minas Gerais. Na época, a polícia já havia afirmado que não havia relacionamento prévio entre os membros e Adélio e que eles não se encontraram.

Com a volta da informação em tom conspiratório, Carlos Bolsonaro se irritou e desabafou no Twitter.

– Onde está aquela parte da imprensa porca diante do principal fato político do dia? Requentar notícia velha e totalmente manipulável e esquecendo-se dos outros é a jogada. Querem a volta do sistema. Quem perde não é o governo, é o Brasil que se não acordar será tarde – declarou.

Carlos Bolsonaro se irrita com teoria de conspiração Foto: Reprodução

LEIA TAMBÉM+ Jair Bolsonaro concede entrevista a Luciana Gimenez
+ Jair Bolsonaro rejeita teoria de que Adélio seja "maluco"
+ Pelo Twitter, Carlos Bolsonaro responde provocação de Lula


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo