Leia também:
X Doria pede que homem gravado ameaçando Lula seja investigado

Carlos Bolsonaro: “Nunca fomos a favor do autoritarismo”

Carlos comentou indiretamente a intimação feita contra o youtuber Felipe Neto, por ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de genocida

Paulo Moura - 16/03/2021 10h35 | atualizado em 16/03/2021 11h03

Vereador Carlos Bolsonaro Foto: Reprodução

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) comentou indiretamente em suas redes sociais, na manhã desta terça-feira (16), a intimação policial recebida pelo youtuber Felipe Neto, chamado para prestar esclarecimentos no âmbito de uma investigação por crime contra a segurança nacional, por ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de “genocida”.

Na breve publicação feita em sua conta no Instagram, Carlos declarou: “Se o tal combate ao ‘discurso de ódio’ vale para o lado de cá, tem que valer pro lado de lá também!”. Na postagem, o vereador também afirmou que nunca foi contrário à liberdade de expressão ou favorável ao autoritarismo.

– Por anos, somos rotulados de tudo que há de pior. Enquanto isso, a esquerda calou e cala todos sob o mantra do “combate ao discurso de ódio”, mesmo o propagando descarada e diariamente. Basta provarem 1ml do próprio veneno que viram “vítimas de autoritarismo”! – escreveu Carlos.

Carlos comentou indiretamente a intimação feita ao youtuber Felipe Neto Foto: Reprodução

O youtuber Felipe Neto foi intimado pela polícia, nesta segunda-feira (15), a prestar depoimento sobre ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de “genocida” – por causa da sua atuação na pandemia. A queixa-crime foi aberta pelo vereador Carlos Bolsonaro, que recorreu à Lei de Segurança Nacional para justificar a denúncia.

Leia também1 Marido da rainha Elizabeth II deixa o hospital após 28 dias
2 Bolívia: Protesto contra prisão de ex-presidente reúne milhares
3 Doria pede que homem gravado ameaçando Lula seja investigado
4 "Lockdown não pode ser política de governo", diz novo ministro
5 Hotel em Brasília nega versão de Ludhmila Hajjar sobre invasão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.