Leia também:
X PM temporário nega motivação racista no Carrefour

Carlos Bolsonaro chama Sergio Moro de “camisolão fofoqueiro”

Vereador se pronunciou após ex-ministro ter associado seu nome com o "gabinete do ódio"

Ana Luiza Menezes - 28/11/2020 13h20 | atualizado em 28/11/2020 14h07

Vereador Carlos Bolsonaro Foto: Reprodução

Neste sábado (28), o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) usou as redes sociais para se manifestar sobre declarações do ex-ministro da Justiça e de Segurança Pública, Sergio Moro, que o acusou de ligação com o chamado “gabinete do ódio”.

Uma Comissão Mista Parlamentar de Inquérito (CPMI), no Congresso Nacional, e o Supremo Tribunal Federal (STF) investigam o grupo citado por Moro.

Carlos não citou o nome do ex-ministro, mas disse que “o que tem de camisolão fofoqueiro querendo que o país não avance não está no gibi”.

Na sexta-feira (27), o vereador já tinha se pronunciado a respeito de uma reportagem do jornal O Globo, na qual Moro disse ter sido alvo de ataques do “gabinete do ódio”.

– Não há qualificação para mais essa tentativa boçal. Saudades de viver em um mundo onde homens eram homens – declarou Carlos, por meio do Twitter.

Leia também1 Bolsonaro diz que daria o auxílio "para os acima de 65 anos"
2 Covid-19: Tarcísio de Freitas testa positivo e toma cloroquina
3 "Verdadeiro cristão não vota em Manuela D’Ávila nem em Boulos"
4 Kajuru fala em renunciar caso o STF libere a reeleição
5 Bolsonaro diz que não irá tomar vacina: "É um direito meu!"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.