Leia também:
X PT escala Marina e Alckmin na busca pelo voto evangélico

Campanha confirma suspensão do plano de governo de Lula

Estratégia será divulgar documento somente após o primeiro turno

Thamirys Andrade - 24/09/2022 14h37 | atualizado em 26/09/2022 11h29

Ex-presidente Lula Foto: Lula/Ricardo Stuckert

O comando de campanha do ex-presidente Lula (PT) confirmou que não divulgará a versão final de seu plano de governo antes da conclusão do primeiro turno. Segundo informações da Folha de S.Paulo, os coordenadores de campanha afirmam que ainda estão recebendo sugestões sobre o tema.

– Não faz sentido a campanha publicar versão final do programa de governo se queremos atrair novos apoios que vão trazer novas ideias, novas propostas. Quem quer continuar dialogando não pode encerrar o processo – disse o coordenador de comunicação da campanha e prefeito de Araraquara, Edinho Silva.

Entre outras justificativas, a campanha considera que detalhar as propostas do petista poderia provocar frustrações caso ele saia vitorioso nas urnas. Também afirma que o presidente Jair Bolsonaro (PL), que se encontra no exercício do cargo, poderia implementar propostas presentes no programa.

Antes, o cronograma previa que um plano de governo de 50 páginas seria elaborado até o dia 10 de agosto e apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em vez disso, a equipe somente apresentou um documento de 21 páginas com diretrizes sobre temas variados, sem aprofundamento.

Leia também1 PT escala Marina e Alckmin na busca pelo voto evangélico
2 Ator José Dumont vira réu por armazenar pornografia infantil
3 EUA: Governo diz a Lula que vai reconhecer resultado da eleição
4 Cabeleireiro é preso após levar filhos menores para motel
5 TSE proíbe filtro "Prefiro Lula" após Ciro apontar plágio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.