Leia também:
X Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Fortaleza pode ter duas mulheres pró-vida no comando

‘Carnaval tornou-se festa do estilo de vida da esquerda’

Sérgio Camargo se pronunciou após críticas de Maria Flor

Ana Luiza Menezes - 16/02/2021 16h26 | atualizado em 16/02/2021 18h52

Camargo sobre Maria Flor: ‘Carnaval tornou-se festa do estilo degradante de vida da esquerda’ Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (16), Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, também se manifestou sobre as declarações que a atriz Maria Flor deu a respeito do cancelamento do Carnaval 2021 e do presidente Jair Bolsonaro. Em um vídeo, a artista culpou o governo federal pela ausência da folia.

– Depois do surtar por abstinência de dinheiro público, Maria Flor agora surta por não estar “toda suja, lambuzada de cerveja, com xixi e g*** de alguém no corpo”. O Carnaval tornou-se festa do estilo degradante de vida da esquerda. Se alguém ainda duvida, aqui está a prova. […] Sobre a parte que ela culpa o Bolsonaro, prefiro não comentar. Com a palavra, os psiquiatras – declarou Camargo.

Leia também1 Cantor sobre cancelamento do Carnaval 2021: "Com Deus não se brinca"
2 Sem Carnaval ao vivo, Ibope da Globo cai pela metade em 2021
3 Jordy rebate atriz que culpou Bolsonaro por cancelamento do Carnaval
4 Ivete recebe "invertidas" após mandar "indireta" a Bolsonaro
5 Fantástico mostra aglomerações com cenas de Carnaval antigo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.