Leia também:
X Câmara convoca Braga Netto para explicar “ameaça à eleição”

Camargo rebate colunista: ‘A matéria desinforma o leitor’

Presidente da Fundação Palmares deu declarações em uma rede social, na noite desta terça-feira

Pleno.News - 03/08/2021 20h12 | atualizado em 03/08/2021 20h14

Presidente da Fundação Cultural Palmares Sérgio Camargo de paletó e gravata verde
Presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo Foto: Reprodução/Redes sociais

Na noite desta terça-feira (3), o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, rebateu o modo como o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim, noticiou a criação de um “Acervo da Vergonha” dentro da Fundação Palmares. A sala é identificada por um papel colado na porta com o símbolo do comunismo (foice e martelo), dentro de uma estrela vermelha, e é destinada ao armazenamento de livros com viés ideológico de esquerda.

– Não quero mais que livros marxistas e bandidólatras sejam doados, embora nada tenham a ver com nossa missão (Cultura). Para montar o Museu da Vergonha, na nova sede da instituição, precisarei dos livros vergonhosos e desviantes. Eles são o legado do passado sombrio da Palmares. A matéria desinforma o leitor. Alguma novidade? – declarou Camargo, no Twitter.

Publicação de Sérgio Camargo Foto: Reprodução

Camargo usou as redes sociais para divulgar a criação do “Acervo da Vergonha”. Ele disse que o acervo está recebendo um tratamento “VIP”.

Acervo da Vergonha Fundação Palmares
Fotos foram publicadas por Sérgio Camargo no Twitter Foto: Reprodução

E, em referência ao incêndio na estátua do bandeirante Borba Gato, o presidente da Fundação Palmares afirmou que não queima livros nem estátuas porque é civilizado.

Leia também1 'Acervo da Vergonha' armazena livros comunistas na Palmares
2 Camargo ironiza declaração de Vittar sobre 'posse' de Lula
3 Frias e Camargo rebatem youtuber comunista na web
4 Spike Lee chama Bolsonaro de gângster, e Camargo rebate
5 Sérgio Camargo é alvo de ação por improbidade administrativa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.